Jovem é morto pelo próprio pai a facadas após tentar defender a mãe de agressões

Crime foi registrado em Osasco (SP); homem foi capturado por traficantes e resgatado de “tribunal do crime”

Um pai matou o próprio filho que tentava defender a mãe durante uma briga do casal. De acordo com a polícia, o agressor foi identificado como Leonardo Batista dos Santos, de 52 anos, e a vítima Miguel João dos Santos, de 26 anos. O caso foi registrado na última sexta-feira (18) em Osasco, São Paulo.

O filho, ao retornar do trabalho e entrar em casa, deparou-se com a cena de briga entre o casal e logo  enfrentou o pai que estava alterado, que esfaqueou o filho ao tentar proteger a mãe. Os vizinhos, ao presenciarem a situação, acionaram o resgate, mas quando a equipe chegou à residência, o jovem já estava sem vida.

O assassino conseguiu fugir, mas acabou sendo capturado por traficantes locais, sendo posteriormente condenado à morte pelo “tribunal do crime”.

A polícia, acionada pelos moradores, conseguiu localizar e resgatar o refém, que estava mantido em um barraco, amordaçado com sinais de violência. Miguel, ao ser abordado pelas autoridades, confessou ter tirado a vida do próprio filho e foi detido em flagrante por homicídio qualificado. Ainda de acordo com a polícia, Leonardo já tinha passagens pela polícia por violência doméstica.