Sou apenas um heterossᕮxual feliz, que adora usar saia e salto alto no meu dia a dia

Os sapatos de salto alto foram fabricados inicialmente para os homens, que começaram a usá-los no Século X, segundo os historiadores. Em nossa era, alguns voltaram a adotá-los e os saltos masculinos chegaram até a entrar na cultura pop. Recentemente, Mark Bryan, engenheiro alemão de 61 anos, começou a usar sapatos de salto alto com saias em seu escritório e roupas normais do seu dia a dia. Seu look dá uma força para que as pessoas abandonem os estereótipos e deixem de ter medo de usar o que quiserem.

Para este homem, saltos e saias são mais do que apenas atributos da moda

Mark Bryan, um engenheiro de robótica e pai de três filhos, à primeira vista é um homem comum. Ele normalmente está ocupado com seu trabalho e com suas obrigações familiares. Recentemente, esse senhor provocou um alvoroço na internet, ganhando cerca de 200 mil seguidores no Instagram, ao compartilhar seus looks sofisticados, que fogem dos estereotipados “figurinos comuns de um pai de família”.

Ele começou a mudar radicalmente suas peças do guarda-roupa há quatro anos. Suas roupas do dia a dia hoje consistem em scarpins vermelhos, minissaias xadrez e botas de camurça, que Bryan combina com saias midi e minissaias lápis. Enquanto compartilha seus looks diários, ele fala sobre suas preferências de vestuário, que considera tão normais quanto qualquer outra atividade sua.

Suas roupas o fazem se sentir mais poderoso e confiante

Bryan prefere saias a vestidos, pois, como diz, as saias permitem combinar looks e torná-los masculinos acima da cintura e neutros abaixo dela. Para ele, tudo se resume a roupas sem gênero. Segundo sua visão, as pessoas realmente não têm muitas opções de variedade de calças “masculinas” comuns, mas há uma grande diversidade de cores e estilos de saias e é isso que o faz se sentir bem consigo mesmo ao usá-las.

Sua esposa e filhos compartilham seus pontos de vista e sua missão

Quando falou pela primeira vez com seus filhos sobre suas roupas, tentou explicar que não havia nada demais em sua maneira de montar seu guarda-roupa diário, nem significava que o pai deles fosse homossᕮxual. Sua filha é agora uma das suas fãs mais dedicadas e sonha em poder pegar emprestados alguns pares de sapatos do pai.

Sua esposa sempre o apoiou e até o ajuda a escolher suas roupas. Como ele mesmo diz, seu estilo atual é inspirado na Rachel (personagem da série Suits), de Meghan Markle.

Mark aprendeu rapidamente a lidar com a resposta do público

Mark recebe muitos comentários ásperos e negativos sobre seus experimentos fashion. No entanto, muitos homens no trabalho e em locais públicos confessam que Mark é um sujeito normal, que consegue manter conversas e atitudes muito masculinas. Se as pessoas começam a perguntar sobre suas preferências, ele sempre as questiona se estariam tão interessadas nisso, caso ele usasse calças. Embora essas perguntas possam deixá-lo mal-humorado, no final das contas, confessa que as pessoas ao seu redor não se importam muito com as roupas dos outros.

Você tem peças de roupas preferidas, que usaria independentemente do que os outros possam pensar ou falar?