Garoto de 5 anos tem órgão genital decepado pelo padrasto; mãe da vítima é acusada de omissão.

Um menino de 5 anos teve o órgão genital mutilado pelo padrasto, na cidade de Canindé (CE). O suspeito, de 26 anos, foi preso em flagrante e indiciado por lesão corporal grave.

A mãe do garoto, de 27 anos, foi autuada por omissão. O crime foi revelado no dia 6 de dezembro, depois do garoto dar entrada no Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza, com o órgão decepado e parte do membro em um isopor.

O delegado Daniel Aragão, da Delegacia Regional de Canindé, contou que foi avisado do crime pelos profissionais de saúde da unidade, que desconfiaram dos relatos apresentados pela mãe.

“A criança chegou a falar que teria sido o padrasto que fez isso com ele. Juntando essa informação com outros Boletins de Ocorrência que chegaram aqui na delegacia, desse mesmo ano de 2023, disponibilizados pela família, que não concorda com esse tipo de situação. Vimos que essa criança já vinha sofrendo maus-tratos. Inclusive, no relatório médico apresentou que a criança tinha cicatrizes recentes e antigas”, falou o delegado Daniel Aragão em entrevista ao radialista Davi Oliveira.

De acordo com a Polícia Civil, o inquérito que investiga o crime cometido contra o garoto foi encerrado e encaminhado ao Poder Judiciário.

A vítima teve o órgão genital reimplantado no mesmo dia em que deu entrada na unidade de saúde e ficou internado em recuperação. Agora ele necessita de uma cirurgia completa de reconstrução para ficar sem sequelas.

Hoje em dia, o garoto mora com o pai e os irmãos. Sem condições de pagar os custos da cirurgia, a família humilde da vítima está fazendo uma campanha para arrecadar R$ 150 mil.