Detento em saidinha provisória atira na cabeça de sargento durante perseguição policial; Veja

Bandido que baleou PM em BH deveria ter voltado pra cadeia após saída temporária

Um policial militar de 29 anos foi baleado durante uma perseguição a dois suspeitos, na noite desta sexta-feira (5), no bairro Novo Aarão Reis, Região Norte de Belo Horizonte. Segundo informações da Polícia Militar (PM), equipes do 13º Batalhão perseguiam um carro com dois homens armados pela Avenida Risoleta Neves, quando o motorista perdeu o controle da direção e atropelou um motociclista. Após o acidente, os suspeitos desceram do veículo e correram.

O sargento Roger Dias da Cunha conseguiu alcançar um dos suspeitos. Ele deu ordem de parada diversas vezes, mas foi surpreendido pelo criminoso, que sacou uma arma e atirou várias vezes em direção à cabeça do policial. Outro policial, que estava na condução de uma viatura, continuou a perseguir o suspeito, que foi baleado e encaminhado para atendimento médico. Ele tem várias passagens pela polícia e, na data do crime, estava usufruindo do benefício de saída temporária da prisão.

O outro conseguiu fugir, mas acabou sendo encontrado e preso horas depois. A PM montou uma grande operação com apoio do helicóptero Pégasus, da Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), do Grupo Especial de Policiamento em Áreas de Risco (Gepar) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) para localizar o fugitivo.

O policial foi socorrido e levado inicialmente para o Hospital Risoleta Tolentino Neves, na Região de Venda Nova. Depois, foi transferido para o Hospital João XXIII, na Região Centro-Sul da capital.

Na manhã deste sábado (6), o estado de saúde do sargento era gravíssimo. Ele tem 10 anos de experiência na PM e é pai de um bebê recém-nascido. Em nota, a Polícia Civil afirmou que “requisitou a presença da perícia oficial ao local para realizar os trabalhos de praxe e coletar elementos que irão subsidiar a investigação”.

Fonte :