Voluntária é afastada de escola após direção descobrir que ela tem página em plataforma erótica

blog only

Uma mulher foi proibida de ser voluntária na escola dos seus filhos depois que a direção descobriu que ela mantém uma página em plataforma erótica para assinantes.

Victoria Triece, de 30 anos, foi informada de que ela não era mais bem-vinda no campus da escola primária da Flórida depois que surgiram as fotos “obscenas”. Ela era voluntária na Sand Lake Elementary School, no condado de Orange (Flórida, EUA), havia cinco anos.

Victoria, que também atende pelo apelido de Snooks, também costuma postar fotos sexy no Instagram, onde tem 122.000 seguidores.

A mãe de dois filhos declarou que quem quer que tenha avisado a escola deve ter acessado o conteúdo pago do site “OnlyFans”. Ela classificou a atitude como “cruel”. Victoria, cujos filhos têm 5 e 10 anos, argumentou que seu trabalho online não deveria ter relação com seu desempenho como voluntária.

“Não é para ninguém julgar o que alguém faz na sua vida privada”, disse ela, de acordo com o canal News6.

Ser excluída do voluntariado a fez se sentir isolada de outros pais, reclamou a americana.

“(Fazer fotos sexy)Não define toda a minha vida. Isso faz parte da minha vida, mas não é a minha vida como mãe”, desabafou Victoria.

A americana pretende processar o Comitê de Ensino do condado de Orange em US$ 1 milhão (cerca de R$ 5,6 milhões) por danos morais após ter sido rejeitada como voluntária. Ela alega não ter ficha criminal e só estar presente na escola com “roupas apropriadas”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.