Viña revela trauma no Palmeiras: estou trabalhando com uma Psicóloga :

inbound1688138262212737161

Expulso no jogo de volta da Recopa Sul-Americana, Matías Viña enfrentou os efeitos do cartão vermelho no duelo entre Palmeiras x Defensa y Justicia. Dessa forma, a situação só piorou com a derrota do Verdão na final, e o lateral-esquerdo precisou procurar ajuda profissional para lidar com a culpa causada pelo lance.

LEIA TAMBÉM: MONTE SUA ESCALAÇÃO! Como você entraria para a partida contra o Flamengo?

Estou trabalhando com uma psicóloga. Sofri muito com a expulsão, foi a primeira da minha carreira. Aprendi muito com as finais que perdemos. Perdi a Supercopa contra o Flamengo, a Recopa contra Defensa y Justicia, e há uma semana perdemos a final do Paulista. São derrotas fortes. Obviamente, a gente sempre tem que seguir em frente e já é algo que estou trabalhando”, declarou à rádio “Sport 890“.

Matias Viña foi expulso foi expulso nesse lance.

Segue Palmeiras 1×1 Defensa y Justicia#RecopaSudamericana pic.twitter.com/rDGrV2s6x4

— Palco do Esporte (@PalcoDoEsporte) April 15, 2021

Além disso, Viña contou que teve a ajuda de familiares na decisão de tratar seu psicológico. Isso porque a expulsão trouxe efeitos negativos em suas apresentações posteriores, algo que pode ter interferido na perda de sua titularidade no Palmeiras.

Não sou de falar muito, sou bastante reservado. Sempre procuro resolver sozinho todos os problemas que eu tinha e isso me fazia mal. Ficava com um monte de coisas (na cabeça) e depois em campo eu sentia muito esses problemas. Obviamente, eu conversei sobre isso com minha mãe e minha namorada. Eles me incentivaram a conversar com uma psicóloga e hoje estou muito bem. Tenho que continuar nesse caminho para desfrutar do futebol. Não estava desfrutando do modo que fazia antes da expulsão e dos jogos que perdemos”, completou.

Algo errado com esse post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.