Vídeo: “Troquei de noivo de ontem para hoje”, diz arquiteto no altar

Sem titulo 105

Posicionado no altar, o arquiteto Eder Meneghine anuncia: “Eu troquei de noivo”. A surpresa, registrada em vídeo, movimentou o casório de Eder, que substituiu o companheiro na véspera da cerimônia.  

O evento aconteceu no feriado do dia 7 de setembro, na última terça-feira, na Ilha da Gigóia, na zona oeste do Rio. Nas imagens do casamento, Eder discursa e justifica a mudança:

“Eu errei 20 anos na minha vida. E errei 20 anos numa coisa que poderia ter dado realmente certo. Eu tive que trocar os documentos e vou avisar vocês o seguinte:  Mas eu troquei de noivo de ontem pra hoje”, disse Eder.

O vídeo, publicado pelo G1, mostra o exato momento em que o chefe de cozinha Hugo Oliveira, de 44 anos, entra na cerimônia. O noivo substituiu o mineiro Dyl Reis, de 23, para a surpresa dos 120 convidados da festa, no Solar das Palmeiras.

“Ontem (segunda, 6/9), às 20h, eu troquei de noivo. Porque às 20h, eu percebi que aquela pessoa que estaria aqui agora casando comigo não seria a pessoa da minha vida. Então, eu não hesitei. Eu simplesmente troquei”, prosseguiu.

“Mas eu vou casar hoje porque eu preciso casar aos 60 anos. Chegou a hora de casar. Então, surpreendentemente, eu convidei o Hugo para casar comigo”, disse Eder, antes da entrada do futuro marido na festa.

Festa com high society no valor de R$ 250 mil

A troca dos noivos foi mais uma atração da festa dos sonhos, produzida por Eder. O arquiteto ainda promove eventos e cerimoniais, além de ser dono de restaurantes e locais para eventos. Só no seu casamento, ele investiu mais de R$ 250 mil com decoração, estrutura e serviços.

Entre os convidados, estavam figuras conhecidas da high society carioca, como a socialite Vera Loyola, o cineasta Neville D’Almeida, a drag Isabelita dos Patins e a baronesa Bete Suzano.

O evento contou com luxo e sofisticação. Os salões foram decorados com lustres de Baccarat, porcelana chinesa e leões de pedra polida. Já o bufê teve um menu com camarões, salmão e paella, um bolo de três andares, em formato de abacaxi, e coroa feita com plumas de avestruz albino.

A cerimônia ainda foi regada por mais de 100 garrafas de champanhe servidas pelos garçons. Mesmo sem ter planejado, o pedido de casamento foi especial.

“Por que não casar com essa pessoa que sempre foi correta comigo e garantir para ele direitos civis que ele merece? Por que não garantir um futuro de qualidade? Na verdade, não é que ele seja o grande amor da minha vida, mas eu descobri naquele momento de dificuldade que eu tinha na figura do Hugo Oliveira o maior amigo e parceiro de toda minha vida. E eu nunca dei pra ele a oportunidade que ele merecia”, disse Eder.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.