Um ano do acidente de Amanda Wanessa. O que se sabe até agora?

Amanda Wanessa Reproducao

No dia 4 de janeiro de 2021, ou seja, há exatamente um ano, um grave acidente quase ceifou a vida da cantora gospel Amanda Wanessa. A artista que ficou gravemente ferida continua internada no Real Hospital Português em Recife (PE).

A todo momento, fãs e amigos de Amanda têm acompanhado as notícias sobre o seu estado de saúde que são publicadas por Dobson Santos, esposo e empresário da cantora.

O que se sabe sobre o acidente?

O grave acidente aconteceu na PE 60, próxima a Rio Formoso. Amanda era quem dirigia o veículo que colidiu de frente com um caminhão.

Além da artista, estavam no veículo a sua amiga cantora Juciara Pimentel, a sua filha Mel e o seu pai Odilon. Foi constatado que ela dirigia o veículo a 130 quilômetros por hora no momento da colisão.

O que Amanda Wanessa sofreu com o impacto?

A cantora foi quem mais se feriu no acidente. Ela teve fraturas nas pernas, nos braços e na cabeça, chegando a perder massa encefálica. No mesmo dia do ocorrido, a artista foi submetida a uma cirurgia de emergência.

Os outros ocupantes não se feriram gravemente. A filha de Amanda teve que passar por uma cirurgia, e o seu pai e a amiga tiveram escoriações leves.

O socorro

Ao chegar no local do acidente, os socorristas se depararam com o carro de Amanda praticamente destruído. A cantora estava desacordada e presa às ferragens.

A equipe de resgate precisou utilizar uma ferramenta de corte para retirar a artista presa no interior do veículo. No momento foi constatado que ela havia sofrido múltiplas fraturas, e que o seu estado de saúde era gravíssimo.

O internamento

Amanda foi imediatamente levada para uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), onde se manteve intubada, e depois, foi transferida para um quarto.

A cantora precisou ser submetida a duas cirurgias de emergência na cabeça e nos braços, ficando em observação para ver como ela iria reagir.

De quem foi a culpa do acidente?

Quatro meses após o ocorrido, a Polícia Civil de Pernambuco concluiu o inquérito que apurou o acontecimento. De acordo com a corporação, Amanda foi a causadora do acidente.

Através de uma nota, o órgão disse que após as investigações, “foi constatado que a vítima “deu causa ao acidente””. Ainda de acordo com o comunicado, o inquérito foi concluído “sem indiciamentos”. Em seguida, toda a documentação foi enviada para o Ministério Público de Pernambuco.

O Tribunal de Justiça de Pernambuco considerou o resultado da investigação, que concluiu que o acidente ocorreu “por culpa exclusiva da vítima”.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) solicitou o arquivamento do processo após a conclusão do inquérito da Polícia Civil, que culpou Amanda Wanessa. O tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) acatou o pedido.

A família tentava culpar o motorista do caminhão

O processo havia sido aberto, porque a família da cantora disse que o caminhão envolvido no acidente teria invadido a faixa contrária, colidindo com o carro em que Amanda e as outras três pessoas estavam.

Porém, na conclusão da Polícia Civil, do MPPE e do Tribunal de Justiça, não houve crime culposo por parte do condutor do caminhão.

Foi constatado que a cantora gospel trafegava na pista contrária, pois fazia uma ultrapassagem quando bateu de frente com o caminhão.

Estado de saúde atual da cantora

Durante todo o ano de 2021, a evolução do quadro clínico da cantora foi uma preocupação de todos que acompanham o seu ministério. Em alguns momentos, fãs acusaram o esposo da artista de esconder o seu real estado de saúde.

A verdade é que Amanda Wanessa sofreu lesões graves no cérebro, e que pode lhe deixar com várias sequelas para o resto da vida. Em dezembro do ano passado, Dobson Santos chegou a comunicar que ela receberia alta neste mês de janeiro, mas até o momento não foi divulgada nenhuma data para que ela deixe o hospital.

Em setembro, o esposo da cantora disse que ela passava o dia acordada, e que em muitos momentos, se emocionava com suas músicas.

Entretanto, Amanda ainda não consegue falar, tampouco se movimentar. Ela continua fazendo tratamento com fisioterapia motora, fisioterapia respiratória, entre outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.