Último capítulo de Terra e Paixão surpreende público ao revelar quem realmente matou Agatha

Quem pensou que o mistério envolvendo a morte de Agatha (Eliane Giardini) já estava resolvido se surpreendeu ao assistir, nesta sexta-feira (20), ao último capítulo de Terra e Paixão. Ficou revelado que Angelina (Inez Vianna) mentiu ao dizer que havia envenenado a vilã em legítima defesa.

Em conversa com Gentil (Flávio Bauraqui), a tia de Lucinda (Débora Falabella) finalmente trouxe a verdade sobre o crime à tona – ao menos para o público. ‘Eu trocar as xícaras foi considerado legítima defesa. Mas ninguém sabe o que de fato aconteceu’, comentou ela com o pai de Jonatas (Paulo Lessa).

Um flashback, então, mostrou que Angelina envenenou Agatha por decisão própria, colocando uma substância mortal no chá da vilã – bem diferente do que a ex-governanta dissera a Marino (Leandro Lima). Agatha, então, começou a passar mal e notou que havia caído em uma armadilha da comparsa.

‘O que você fez, Angelina? Eu tenho o antídoto… Eu vou acabar com você!’, gritou a mãe de Caio (Cauã Reymond), afastando-se para buscar a medicação. Ao subir as escadas, porém, ela deu de cara com Gentil no topo. ‘Eu sempre te amei, Agatha’, diz ele, aos prantos, antes de empurrar a ex escada abaixo.

‘Se não fosse você, eu não sei o que teria acontecido’, agradece Angelina a Gentil, já de volta ao apresente. Os dois então riem com deboche da própria impunidade.

Vale lembrar, porém, que não foi nenhum dos dois que acabou, de fato, com a vida de Agatha. Um flashback anterior já havia deixado claro que Irene (Glória Pires) matara a rival com disparos à queima-roupa, ao encontrá-la agonizando na escada.

 

Fonte :