Twitch é hackeada e tem código-fonte completo vazado na internet

06083234833034

Um cibercriminoso anônimo afirma ter vazado todo o código-fonte, incluindo os relatórios de pagamento de streamers, da Twitch. O usuário postou o link com 125 GB no 4chan nesta quarta-feira (6) dizendo que o objetivo do vazamento é “promover disrupção e competição no espaço do streaming online” já que a “comunidade [da Twitch] é uma repugnante fossa tóxica.”

Além das informações sobre a plataforma e seus usuários, o vazamento também revelou que a Amazon Game Studios estava trabalhando em uma plataforma para competir com a Steam. Até o momento, não existem mais detalhes sobre a suposta loja de games, mas o projeto foi vazado com o codinome “Vapor”.

Segundo o criminoso, o arquivo inclui:

  • Todo o source code da Twitch
  • Histórico de comentários desde “o início da plataforma”
  • Relatórios de pagamento a criadores de 2019
  • Clientes Twitch para o mobile, desktop e consoles
  • SDKs e serviços internos da AWS usados pela Twitch
  • “Todas as outras propriedades detidas pela Twitch”, incluindo o IGDB e CurseForge
  • Suposto concorrente da Steam, com o nome de código Vapor, dos AGS
  • Ferramentas internas de segurança

Nos documentos, é possível ver que streamers famosos da plataforma, como Shroud, Nickmercs e DrLupo faturaram milhões de dólares com conteúdos no site. Uma fonte anônima contou à VGC que as informações são legítimas. No post, o leaker afirma que esta é apenas a primeira parte dos conteúdos que pretende disponibilizar.

Atualização (06/10, às 13h20): A Twitch está ciente do ocorrido e já se pronunciou no Twitter. O streaming confirma que ainda não sabe qual é a dimensão do problema. “Podemos confirmar que uma violação ocorreu. Nossas equipes estão trabalhando com urgência para entender a extensão disso. Atualizaremos a comunidade assim que informações adicionais estiverem disponíveis. Obrigado por nos aguentar.”

Algo errado com esse post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.