Tristeza e comoção: População revoltada com a morte brutal da jovem Layza Santos Rocha, de 16 anos

O principal suspeito, identificado como o companheiro de Layza, foi capturado e encaminhado ao Disep de Vitória da Conquista, onde segue a disposição da justiça.

É com profunda consternação que relatamos o brutal assassinato de Layza Santos Rocha, uma jovem de apenas 16 anos, na região do Matias, Zona Rural do município de Bom Jesus da Serra, na última sexta-feira (02). As circunstâncias do crime apontam fortemente para a triste realidade do feminicídio. Layza, natural da região do Bengo, zona rural do município, teve sua vida ceifada com requintes de crueldade, deixando a comunidade em estado de choque.

O principal suspeito, identificado como o companheiro de Layza, foi capturado e encaminhado ao Disep de Vitória da Conquista. Enquanto a polícia investiga os motivos que levaram a esse ato hediondo, a comunidade local vive momentos de grande comoção, tristeza e revolta diante da brutalidade infligida à jovem. O corpo de Layza Santos Rocha encontra-se no Departamento de Polícia Técnica de Conquista, aguardando os procedimentos necessários para a investigação desse crime que choca a todos pela sua brutalidade.

O CRIME 

Adolescente de 16 anos é morta a pauladas na Bahia; ex-marido é principal suspeito do crime.

Um jovem foi preso em flagrante suspeito de matar a ex-companheira, uma adolescente de 16 anos, a pauladas, na noite de sexta-feira (2), no município de Bom Jesus da Serra, no sudoeste do estado.

Policiais militares receberam a informação que um corpo havia sido encontrado em uma área de mata na zona rural do município e foram ao local. Lá eles encontraram o corpo de Layza Santos Rocha.

Durante as buscas pelo suspeito do crime, os agentes receberam a informação que Layza havia se encontrado com o ex-marido. Os militares conseguiram deter o suspeito enquanto ele tentava fugir para a fazenda Barra do Engano, no município de Mirante.

Durante o depoimento, Vinicios Brito confessou que estava com Laysa e após uma discussão, pegou uma estaca de madeira de uma cerca e aplicou vários golpes na cabeça da adolescente.

O homem alegou que a vítima “não o deixava em paz mesmo após o rompimento do casamento, há cerca de dois meses”. Vinicios Brito foi preso em flagrante e conduzido para o Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) de Vitória da Conquista.

O corpo de Layza foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Vitória da Conquista e deve passar por necropsia.