Tragédia: Mãe de jovem portador de necessidade morre de infarto. Rapaz morreu em seguida, de fome

NUTthXM

A Polícia Militar (PM) atendeu na tarde desta quarta-feira (13) uma ocorrência de encontro de corpos no Bairro Tocantins, em Uberlândia. Mãe e filho foram achados sem vida em uma residência na Rua Eufrazina Joaquina Gadia. As vítimas eram da Irmandade Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, que integram a Festa do Congado na cidade.

Segundo o sargento da Polícia Militar, Carlos Rodrigo Cintra, o irmão da mulher relatou aos militares que não se encontrava com a vítima desde o último domingo (9). Ao entrar na casa dela para procurá-la, ele viu a irmã e o filho dela já sem vida. A suspeita é de que Ilza Maria Assunção, de 56 anos, tenha passado mal e falecido. Os militares foram informados de que ela tinha histórico de problemas cardíacos. Já o filho, Breno dos Reis Gomes de Assunção, de 19 anos, que era tetraplégico e dependia dela para se alimentar, acabou morrendo também.

Quando o Corpo de Bombeiros chegou ao local, os corpos já estavam em estado avançado de decomposição. A perícia técnica da Polícia Civil também foi acionada e fez os trabalhos de praxe no caso. A princípio, não foram encontrados sinais de violência. 

Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Uberlândia e em seguida serão liberados para os familiares. Ilza Maria e o filho eram membros da Irmandade Nossa Senhora do Rosário e São Benedito, que integram a Festa do Congado na cidade. Por telefone, o presidente da Irmandade, Denilson Nascimento, informou ao g1 que os dois eram componentes do Terno Marujo Azul de Maio e participavam das apresentações do grupo. Ele também informou que uma nota sobre o caso deve ser emitida ainda nesta quarta-feira (13). // TV Integração.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.