Trabalhadores resgatados em situação de escravidão viviam com porcos

Sem titulo 503

Nove operários foram resgatados durante uma operação de combate ao trabalho escravo na cidade de Granja, no Ceará. As vítimas em situação análoga à escravidão dividiam espaços com porcos, em situações degradantes.

O local não tinha energia elétrica, instalações sanitárias e água encanada. As pessoas trabalhavam na extração de palha de carnaúba, usada na cobertura de casas e solos agrícolas, além do uso na extração de óleo comestível e alimentação de gado.

As vítimas não tinham contrato de trabalho nem utilizavam equipamentos de proteção. Até a exibição da reportagem, o Ministério Público do Trabalho não informou se alguém foi responsabilizado pelo crime e pela situação dos trabalhadores.

VEJA A REPORTAGEM ABAIXO:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.