Torcida do Palmeiras volta a detonar Luiz Adriano e Abel rebate, confira

inbound7021468311925949532

Uma semana depois de se envolver em discussões com torcedores do Palmeiras na derrota por 4 a 2 para o Bragantino, o atacante Luiz Adriano não teve boa recepção na vitória por 1 a 0 sobre o Inter, neste domingo.

Escalado como titular pelo técnico Abel Ferreira, ele foi o jogador menos aplaudido pela torcida quando os nomes foram anunciados pelo sistema de som do Allianz Parque.

Já no tradicional grito das torcidas organizadas, jogador por jogador, antes da partida, ele foi ignorado. Dudu foi o último atleta exaltado, com o técnico Abel Ferreira vindo na sequência.

Depois do jogo, o treinador defendeu o atleta. E pediu que a torcida direcione ao treinador, não ao centroavante, sua irritação.

– Faço um desafio para os torcedores: quando quiserem criticar, critiquem o treinador. O que quiserem desabafar, desabafem em mim. Deixem os meus jogadores, apoiem, deem força… Quando o Luiz Adriano foi cortar uma bola no canto, todo o estádio deu força. Tenho certeza de que se todos fizerem isso, vamos ter o máximo do Luiz Adriano. O Luiz tem tido um bom comportamento quando joga ou não. Ele é um chama-títulos. Critiquem a mim, me xinguem, tenho as costas largas. Apoiem os jogadores. Se fizerem isso, nossos jogadores vão ser melhores.

Em campo, Luiz Adriano teve atuação regular. Não brilhou, mas mostrou vontade na marcação, fez um bom papel na proteção de costas para o gol. Foi pouco acionado, sem chances de gol.

Substituído na etapa final, o atacante ouviu uma mistura de vaias e aplausos ao deixar o campo.

Porém, as organizadas deixaram clara a insatisfação com o jogador e gritaram “Luiz Adriano, preste atenção, muito respeito com a camisa do Verdão!”.

Em campo, Luiz Adriano não vive boa fase. Ele tem apenas quatro gols marcados em 30 jogos nesta temporada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.