Título inedito da Recopa, renderá mais de 7 Milhões ao Palmeiras

Atual campeão da Copa Libertadores, o Palmeiras embarca para a Argentina no início desta semana para a disputa do primeiro jogo contra o Defensa y Justicia pela Recopa Sul-Americana. Além de poder representar um título inédito para a galeria de conquistas do clube, o torneio da Conmebol pode render US$ 1,25 milhão (R$ 7,1 milhões, na cotação anual) aos cofres alviverdes.

LEIA TAMBÉM: Partiu, Europa? Jornalista revela contato oficial de gigante europeu por Rony, do Palmeiras

Idealizada para confrontar os dois campeões do continente na temporada anterior, a Recopa Sul-Americana é disputada desde 1989. A princípio, o campeão da Libertadores confrontava forças com o vencedor da Supercopa dos Campeões em jogo único. A proposta da Conmebol era prestigiar suas competições, estimular a concorrência na América do Sul e dar visibilidade aos vencedores de seus dois principais produtos no mercado de clubes.

Embora tenha vencido a Copa Libertadores em 1999, o Palmeiras não teve a oportunidade de disputar a Recopa Sul-Americana. Isto porque, a Conmebol interrompeu a disputa da Supercopa dos Campeões e implementou a Copa Mercosul. No ano em que o Verdão conquistou a América pela primeira vez em sua história, o Flamengo levou o torneio recém-implantado. Portanto, na temporada seguinte, alviverdes e rubro-negros poderiam se enfrentar pelo título da Recopa. O duelo nunca aconteceu.

Em alta após a conquista da tríplice coroa na temporada passada, o Palmeiras viaja para Buenos Aires com o status de favorito. O primeiro jogo acontece no estádio Norberto ‘Tito’ Tomaghello, a casa do Defensa y Justicia, atual campeão da Copa Sul-Americana (torneio disputado no continente desde 2003). Na semana seguinte, o Verdão decide o título inédito no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

De acordo com as informações divulgadas pela Conmebol, o campeão embolsará US$ 1,25 milhões, enquanto o perdedor ficará com US$ 750 mil, estimado em R$ 4,3 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.