‘Temos que escapar dessa espiral de ódio’, diz Guedes

Paulo Guedes quer simplificacao brutal de impostos

“Acho que nós precisamos de mais respeito, mais tolerância”, diz Guedes.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu, nesta terça-feira (4), que a vacinação em massa e a garantia de emprego são as prioridades do Brasil.

Durante audiência em comissões conjuntas na Câmara, Guedes tratou sobre as medidas econômicas para o enfrentamento da pandemia de coronavírus.

O ministro declarou:

“A oposição faz seu papel, que eu respeito e reconheço. Acho que nós precisamos de mais respeito, mais tolerância. Temos que escapar dessa espiral de ódio, de divisão de brasileiros. Isso é um descredenciamento de nossa democracia.”

Guedes acrescentou:

“Não vamos subir em cadáveres para fazer política. Nós estamos em uma guerra contra o vírus. Nós precisamos botar a vida em 1º lugar. E toda ideia nossa de governo olhando para frente será: saúde, emprego e renda.”

E completou:

“Tudo que um lado faz em excesso o outro aprende, e vai devolver. E aí, o outro aprende. Essa escalada não interessa à população brasileira. Eu tenho dito que quem estiver explorando cadáver para fazer política, estiver achando que é na base do ódio que se vence, não vai dar certo.”

Algo errado com esse post?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.