Tecnologia em vaso sanitário pode detectar doenças por "biometria do ânus"

Sem titulo 305

Já pensou passar por exame detalhado sobre sua saúde gastrointestinal sem ao menos sair de casa? Essa é a proposta dos cientistas da Stanford School of Medicine, nos Estados Unidos, que estão trabalhando em um projeto de vasos sanitários inteligentes capazes de escanear o ânus em busca de dados sobre a saúde de quem a utiliza.

A tecnologia que parece pitoresca, é na verdade muito simples. Segundo informações do Wall Street Journal, uma câmera especial é instalada dentro da privada. Com base em algoritmos de inteligência artificial, ela seria capaz de fornecer informações para que os médicos possam coletar, cruzar e analisar informações retiradas das características únicas da pele do canal anal – uma impressão digital do ânus.

A câmera tecnologia instalada na privada poderia auxiliar até mesmo os pacientes com dificuldades em urinar ou defecar. A imprensa norte-americana compara o sistema ao utilizado pelos smartwatches, que monitoram a saúde dos usuários no dia a dia.

Pela câmera, seria possível medir até mesmo o volume de urina de uma pessoa diariamente. Uma das preocupações é sobre a fragilidade e a segurança dos dados adquiridos com a tecnologia, já que a análise do material pode trazer informações sensíveis, como o uso de drogas e doenças.

Os cientistas, porém, tranquilizaram as pessoas, informando que todos os dados armazenados ficam em um servidor criptografado em uma nuvem.

Outras duas empresas no mundo já desenvolvem tecnologia parecida. A Toi Labs desenvolveu uma privada chamada TrueLoo, que é voltada para análise em pessoas idosas, além da Coprata, afiliada da Universidade de Duke, nos Estados Unidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.