dentro

Técnico é demitido após dar cabeçada em auxiliar mulher

A partida entre Nova Venécia e Desportiva Ferroviária, pelo Capixabão 2022, se transformou em caso de polícia, após covarde agressão. Ao final do primeiro tempo, o técnico Rafael Soriano, da Desportiva, agrediu a assistente Marcielly Netto após uma discussão da comissão técnica com a equipe de arbitragem.

A situação ocorreu no final do primeiro tempo da partida de volta das quartas de final do Capixabão 2022. Membros da comissão técnica e alguns atletas do banco da Desportiva invadiram o campo para reclamar com o árbitro por não ter deixado Desportiva cobrar o escanteio que tinha a favor.

Exaltado, o treinador Rafael Soriano foi reclamar com o árbitro principal da partida, Arthur Gomes Rabelo. A assistente tentou intervir e recebeu uma cabeçada no rosto. O treinador foi expulso após a agressão.

Logo depois do confronto, a Desportiva Ferroviária divulgou nota de repúdio e anunciou a demissão de Soriano. O clube relatou que “repudia toda e qualquer tipo de violência, seja física, verbal, moral ou emocional, principalmente contra mulheres, e nos solidarizamos com a assistente de arbitragem Marcielly Netto, nos colocando à disposição para aquilo que for necessário”.

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.