dentro

Suspeito de queimar suposta amante em forno de padaria é preso

A Polícia Civil prendeu o homem suspeito de estuprar e queimar a suposta amante em um forno de padaria, em Belford Roxo, no Rio de Janeiro. Edimar Coelho de Paula Muniz disse à polícia que matou Yamin Reis, depois que ela ameaçou contar para sua esposa sobre a relação dos dois.

Yamin Reis, de 28 anos, teve o corpo incendiado depois de ser enforcada pelo suspeito até desmaiar. Ela acordou com o calor das chamas, conseguiu fugir e pediu ajuda para vizinhos. A jovem foi internada em um hospital especializado em queimaduras, mas faleceu depois de 15 dias devido a extensão dos ferimentos.ambos tinham uma relação extra-conjugal. A jovem conseguiu fugir, mas teve 80% do corpo queimado e não resistiu aos ferimentos depois de 15 dias internada.  

Edimar Colhe de Paula Muniz foi preso última 3ªfeira (12.abr) e deverá responder pelo homicídio qualificado. VEJA A REPORTAGEM:

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.