”STF tornou Brasil numa nova Cuba. Liberdade já”, dispara Comandante da Marinha

download 4

Comandante também foi para cima de Moraes, citando ”DOPS do Xandão”

O Comandante Sérgio Ricardo Ferreira, que possui a patente de Capitão de Mar e Guerra da Marinha (posto equivalente ao de Coronel do Exército ou da Força Aérea), protocolou na PGR (processo PR-RJ-00081324/2021) uma denúncia para investigar a atuação de algo similar a uma ”Delegacia de Ordem Política e Social (DOPS)” no STF.

O DOPS, criado no período de Getúlio Vargas nos anos 1920, tornou-se mais famoso por perseguir comunistas, guerrilheiros e opositores em geral do Regime Militar. O Comandante Sérgio comparou o comportamento dos juízes do Supremo com essa entidade extinta, e até falou em ”DOPS do Xandão”, numa referência ao Alexandre de Moraes. Leiam seu tweet logo abaixo:

Em 2018, o Comandante Sérgio candidatou-se a deputado federal pelo PSL do Rio de Janeiro, e chegou perto de ser eleito, obtendo 17.704 votos. Apesar da derrota eleitoral, não deixou de militar ideologicamente, e como se vê, com bastante coragem. Como muitos outros militares das gerações mais velhas, o Comandante Sérgio mantém uma postura de lealdade ao presidente Bolsonaro e de luta contra o comunismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.