Simone é liberada para fazer sexo após 2 meses de abstinência

download 2

Kaká Diniz usou suas redes sociais na noite da última quinta-feira (08) para revelar aos fãs uma informação um tanto quanto íntima envolvendo Simone Mendes.

Sem papas na língua, o empresário anunciou que a esposa foi liberada para fazer sexo após ter ficado mais de 2 meses de jejum por conta de uma cirurgia de retirada de útero.

“Ela não larga esse celular. Só que hoje é chegado o dia. O médico liberou, depois de dois meses”, disparou ele, visivelmente animado.

“Hoje, literalmente, a marreta cai do cabo. Hoje o palhaço fica descabelado”, continuou o famoso, deixando a coleguinha sem graça.

Em outro momento do bate-papo, Kaká perguntou para Simone o que eles iriam comer. Bem-humorada, ela respondeu: “Eu vou lhe jantar! Boa noite”.

Recentemente, a sertaneja falou sobre a cirurgia de retirada de útero a qual foi submetida no último mês. Em vídeo publicado em seu canal no YouTube, a cantora explicou que precisou realizar o procedimento por conta de um sangramento.

Eu tentei de tudo, mas não consegui reverter o problema. Estou aqui emocionada e vendo que Deus é perfeito. Ele me fez uma promessa lá atrás que me daria dois filhos, um menino e uma menina, e com esse problema acontecendo hoje eu vejo que ele não erra”, iniciou ela, que recentemente se tornou mãe de Zaya.

Depois do parto não parei de sangrar. Depois de 30 dias é a média para parar o sangramento após o parto, mas continuou pelo segundo mês e começamos a investigar”, explicou.

Aí descobrimos que eu estava com a adenomiose. Fiquei três meses sangrando, tentamos algumas etapas para ver se conseguia conter o sangramento, mas sem sucesso”, disse em seguida.

A irmã de Simaria finalizou o vídeo falando sobre os métodos alternativos que recorreu para tentar evitar a cirurgia: “Primeiro foi o anticoncepcional, depois remédios e por último a introdução do Mirena, mas mesmo assim não parou de sangrar, então achamos melhor fazer a cirurgia, que é a retirada do útero”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.