Silas Malafaia alerta deputados evangélicos sobre “aberração jurídica” contra Daniel Silveira

O presidente da Conferência Vitória em  Cristo (ADVEC), Silas Malafaia, usou o Twitter para lembrar os membros da Frente Parlamentar Evangélica sobre a votação pela manutenção da prisão do vice-presidente Daniel Silvera (PSL-RJ). Malafaia avisou: “Os deputados evangélicos votaram pela má formação legal de prender o deputado para sua defesa. Condenarei os evangélicos e nunca votarei em nós.” O pastor gravou um vídeo gravando o ocorrido.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes ordenou a prisão de deputados federais sob o argumento de que parlamentares criticaram os juízes. Um mandado de prisão foi emitido depois que um vídeo criticando o ministro foi postado nas redes sociais

A prisão do agente acabou sendo mantida pelo plenário do tribunal, que também determinou que a Câmara dos Deputados decidisse se o agente deveria ser detido na prisão, ainda que os juristas apontassem a inconstitucionalidade da decisão.

O ministro também ordenou que o YouTube analisasse vídeos postados por membros do Congresso e multou 100 mil reais por dia. Ele também classificou as críticas aos parlamentares como atos criminosos e crimes flagrantes. Escreveu: “O comportamento criminoso dos membros é um crime flagrante, pois a ocorrência do crime acima é óbvia, pois o vídeo acima ainda está disponível para todos os usuários na rede mundial de computadores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.