Sem dinheiro para o gás, mãe e bebê são atingidos por explosão de álcool

Sem titulo 28

Uma explosão fez com que uma mulher de 32 anos e grávida de 2 meses ficasse com 90% do corpo queimado pelas chamas após usar álcool para esquentar a mamadeira do filho, de apenas sete meses. O bebê também foi atingido pelas chamas. 

O acidente aconteceu em Osasco, na Grande São Paulo, na tarde de quinta-feira (2).Com dificuldades financeiras para comprar um botijão de gás – que já acumula alta de 38% no valor somente em 2021 -, a vítima teve que usar álcool combustível, mais perigoso, para preparar comida e esquentar a mamadeira da criança, de acordo com testemunhas. O gás teve novo aumento de 7%, impactando diretamente no bolso de quem pouco tem.

A mulher, mesmo queimada, tirou a criança de dentro de casa e colocou o bebê em uma cadeira, jogando água no pequeno. Vizinhos foram socorrer a vítima. O aluguel da residência é pago por meio de um auxílio do governo estadual. Ela não tem renda fixa e está desempregada.

O socorro foi feito com um helicóptero da Polícia Militar, que levou as vítimas ao hospital. A mãe precisou ser intubada e corre risco de morte. Já o bebê ficou com um ferimento na perna e no braço direito. 

ASSISTA A REPORTAGEM ABAIXO:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.