Sem contratar para o Ataque, Palmeiras aposta tudo em Luiz Adriano

inbound6245289724484493808

A movimentação do Palmeiras nos bastidores durante a janela de transferências do exterior mostrou a confiança da diretoria na recuperação de Luiz Adriano. No clube, a sensação é de que o atleta pode, enfim, embalar na reta final da temporada após mais um período dedicado somente aos treinamentos.

Sem disputar um jogo desde o dia 28 de agosto, o Verdão só volta a campo no próximo domingo, quando recebe o Flamengo, às 16h (de Brasília), no Allianz Parque, pelo primeiro confronto do segundo turno do Brasileirão.

Além de descanso, a comissão técnica tem usado a brecha no calendário para fortalecer a recuperação física dos atletas. E o caso de Luiz Adriano vem sendo acompanhado de perto no clube.

Artilheiro do elenco palmeirense na histórica temporada passada e destaque nos títulos do Paulistão, da Libertadores e da Copa do Brasil, o atacante pouco brilhou em 2021. Até agora, o melhor momento do atleta no ano foi na semifinal do Paulistão, quando fez bom jogo contra o Corinthians.

Após a perda do título estadual, Luiz Adriano teve uma sequência de atuações apagadas até começar a tratar um edema no joelho direito. Neste período, esteve na mira de Grêmio e Internacional, mas nenhuma das negociações avançou.

Sem ter disputado nenhum jogo no mês de julho, o atacante voltou a ser aproveitado por Abel em agosto. A expectativa era de que, sem dores, pudesse recuperar espaço e ter sequência. Desde a recuperação, porém, entrou no segundo tempo duas vezes: contra Fortaleza, pelo Brasileirão, e contra São Paulo, pelo jogo de ida da Libertadores.

À disposição entre os suplentes, o jogador viu do banco a derrota contra o Cuiabá e as vitórias contra São Paulo e Athletico. Recuperado de um novo trauma no joelho, vem participando das atividades na Academia de Futebol – ele, inclusive marcou no jogo-treino do último sábado, no Allianz Parque.

Mesmo com crise de produção dos centroavantes – Luiz Adriano não faz um gol há três meses (ou sete jogos no período) e Deyverson não marca há pouco mais de dois meses (ou 12 partidas) –, o Palmeiras entende ter um grupo equilibrado e com opções para Abel Ferreira.

A preocupação maior, inclusive, era buscar uma negociação para saídas quando Borja foi reintegrado, por entender que três jogadores para a função era um número alto demais. Foi neste contexto que o colombiano – na época o único com propostas – acabou emprestado ao Grêmio.

Os números de Luiz Adriano no Palmeiras:

2021: 22 jogos e três gols

2020/2021: 56 jogos e 20 gols

2019: 15 jogos e sete gols

Para a comissão técnica, o processo de retorno gradual de Luiz Adriano é visto com naturalidade. E há confiança em um desempenho importante nos momentos decisivos da temporada.

No próximo domingo, o Palmeiras recebe o Flamengo no Allianz Parque tentando se aproximar do líder Atlético-MG, que soma 39 pontos contra 35 pontos do Verdão no Brasileirão. Pela Libertadores, os palmeirenses duelarão com o Galo nos dias 21 e 28 valendo uma vaga na decisão do torneio sul-americano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.