Sem acordo por Yuri Alberto, Palmeiras se fecha na busca por um novo nome para o ataque

inbound1172192966713113538

O Natal passou e o presente tão esperado pela torcida do Palmeiras não veio. Porém, a diretoria alviverde, encabeçada pela nova presidente Leila Pereira, trabalha firme em busca de um novo centroavante.

PUBLICIDADE

Contudo, a direção palmeirense adotou uma postura cautelosa enquanto trabalha nomes que se encaixem no perfil técnico e financeiro do clube, para isso o Departamento de Futebol está blindado enquanto o ‘camisa 9’ não é definido.

O receio da cúpula palestrina é a supervalorização de alguns atletas por meio dos clubes e até mesmo de agentes na hora da negociação. Leila Pereira já deixou claro que não fará loucuras financeiras no comando do Palmeiras.

O Verdão chegou a negociar com Yuri Alberto, atacante que se destacou pelo Internacional na última temporada, tendo marcado 19 gols em 55 jogos, mas durante a negociação não chegou a um valor que chegasse a um consenso com a diretoria colorada. O Palestra fez oferta inicial na casa dos 10 milhões de euros (R$ 64 mi na cotação atual), mas o Internacional não quis conversas por mais de 15 milhões de euros (R$ 96 mi) e o clube paulista se retirou da negociação.

Agora, a direção palestrina mapeia um novo nome no mercado para a posição de centrovante, principalmente ocupando uma lacuna deixada por Luiz Adriano, que não faz mais parte dos planos do Palmeiras. No entanto, a ideia é que o Departamento de Futebol palmeirense trabalhe em silêncio, até para não desvirtuar o foco da equipe para a disputa do Mundial de Clubes, que será disputado no início de fevereiro.

Até o momento, o Verdão anunciou quatro contratações para 2022, o goleiro Marcelo Lomba, os meias Eduard Atuesta e Jaílson, e o atacante Rafael Navarro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.