Saiba o motivo do Palmeiras ter liberado Lucas Lima

inbound8596221419477605801

O Palmeiras negocia com o Fortaleza o empréstimo do meia Lucas Lima. O acordo, que continua sendo discutido entre os clubes, será válido até o fim do ano, com o Leão assumindo o pagamento de parte do salário do meia.

PUBLICIDADE

Clubes como Santos e Grêmio demonstraram interesse no jogador nas últimas semanas. A equipe da Turquia também procurou o Verdão, mas as negociações não evoluíram.

A diretoria do Verdão tenta encontrar um destino para o camisa 20, que não vem sendo aproveitado pelo técnico Abel Ferreira. A última vez que Lucas Lima foi utilizado foi no dia 9 de junho, na derrota por 1 a 0 para o CRB. Ele entrou nos minutos finais e desperdiçou uma cobrança na decisão por pênaltis em jogo que definiu a eliminação da equipe na Copa do Brasil.

Desde então, o meia se envolveu em polêmica ao ser acusado por torcedores de estar em uma festa clandestina (ele foi afastado do elenco por conta do episódio) e perdeu espaço até do banco de reservas – o último jogo para o qual foi relacionado foi justamente contra o Fortaleza, no dia 7 de agosto.

O Palmeiras busca negociá-lo para diminuir a folha de pagamentos, já que o atleta é um dos maiores investimentos do elenco. Por isso só aceita emprestá-lo desde que o outro clube pague pelo menos uma parte dos vencimentos.

Além disso, a diretoria também vê um empréstimo como uma chance de o jogador ganhar mais minutos em campo, tentando reencontrar o bom futebol em novos ares. Caso isso aconteça, ele pode voltar a ser aproveitado pelo Palmeiras no ano que vem ou ser valorizado para uma transferência em definitivo. O contrato é válido até o fim de 2022.

Lucas Lima chegou ao Verdão no início de 2018. Neste ano, ele disputou apenas oito jogos, com dois gols marcados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.