Reféns são assassinados depois de serem torturados

Sem titulo 444

Uma professora e um comerciante de Campo Bom, município no Rio Grande do Sul, foram encontrados mortos em uma casa que estava em chamas. Segundo a Polícia Civil, eles foram assassinados depois de serem mantidos reféns e torturados por criminosos.

A Polícia Civil investiga latrocínio – roubo seguido de morte – ou vingança, já que as vítimas foram mortas com armas diferentes e sofreram torturas. O crime foi descoberto pelo Corpo de Bombeiros após um chamado para incêndio em residência no bairro Genuíno Sampaio, na madrugada do último sábado (11.dez). O fogo ocorria no quarto em cima da garagem e foi apagado. Ao investigar outros possíveis focos de incêndio, os agentes encontraram a mulher morta na cozinha e o homem, na sala. 

Ela tinha três perfurações no corpo. Todas de pistola. O companheiro foi morto com um tiro de espingarda calibre 12 na cabeça. Os assassinos levaram os documentos e celulares das vítimas. 

O caso é investigado. 

VEJA:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.