Quatro jovens são detidos em Estreito por tráfico de drogas; tabletes de maconha estavam enterrados no quintal de residência

WhatsApp Image 2021 11 06 at 20.10.59 1 768x768 1

Na tarde deste sábado (6), a Equipe da Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos da Polícia Militar do Maranhão (DIAE/PMMA) foi acionada pelo 12º BPM, após receber denúncias de suspeitos que estavam em uma residência com aproximadamente 40 quilos de drogas enterrados, para comercialização na cidade.

De posse das informações a equipe do DIAE/PMMA aguardou e durante o monitoramento percebeu a chegada de dois indivíduos em um táxi. Eles ficaram do lado de fora da residência aguardando a chegada do jovem de 20 e um adolescente de 17 anos.  Que após estes chegarem em uma motocicleta, todos os suspeitos se dirigiram para o interior da residência.

Nesse momento a Equipe de inteligência solicitou o apoio da viatura do 12º Batalhão de Polícia Militar do Maranhão, devido a atitude suspeita e denúncias agregadas as informações do colaborador, indicava que os suspeitos possivelmente estariam na residência para comprar material ilícito.

Ao saírem da residência com uma sacola contendo um volume perceptível pela equipe da viatura de área, foram abordados e com eles foi encontrada uma quantidade de substância semelhante a maconha prensada, com aproximadamente um quilo.

Diante das informações prévias, os suspeitos foram revistados e depois foram questionados sobre a origem do material. Os dois indivíduos que chegaram em um táxi, afirmaram ter comprado o material na residência.

Diante dessa situação a Guarnição da Rádio Patrulha de serviço, adentrou à residência com autorização dos abordados. Na cozinha em cima de uma mesa, encontraram outros nove tabletes de substância semelhante a maconha, assim como um material semelhante a cocaína.

Além disso, a Equipe da Diretoria de Inteligência e Assuntos Estratégicos da Polícia Militar do Maranhão (DIAE/PMMA), recebeu denúncias de que estes elementos são membros de uma facção criminosa.

O menor de idade ciente de toda a situação exclamou que o material era dele e do outro suspeito de 20 anos. Informou também, que teria mais materiais enterrados no quintal, assim como informado pelo informante anônimo. A equipe escavou o local indicado por eles e conseguiu desenterrar mais 8 tabletes de maconha prensada.

Durante a abordagem, o suspeito dono do material apreendido, tentou quebrar o seu aparelho celular, danificando apenas a tela do eletrônico, não afetando o funcionamento.

Na operação foram apreendidos 19,07 quilos de material semelhante a maconha, 950 gramas de substância semelhante a cocaína, quatro balanças de precisão, um Iphone, um celular Motorola, dois celulares Samsung, quatro rolos de plástico filme e R$130,00.

Os suspeitos foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil em Estreito para os devidos procedimentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.