pudim vegano com calda de caramelo

4iskz759zdpg3otfid429sgae

O  pudim é um prato que nem sempre é doce e tem origens muito variadas. A sobremesa como conhecemos hoje com  leite condensado, acredita-se que surgiu em navios da Marinha Real inglesa, com a mistura de farinha e gordura. Assim, quebra-se a ideia de que não podem existir  pudins veganos, já que os ingredientes básicos são vegetais: farinha e gorduras vegetais.

Além disso, o pudim vegano também é saboroso e demanda tempo e dedicação para não errar no doce queridinho do Brasil. Veja a receita abaixo de pudim com calda de caramelo.

Leia também

Ingredientes para calda

  • 1/2 xícara (chá) de água
  • 1 xícara (chá) de açúcar

Ingredientes para o pudim

  • 1/2 xícara (chá) de açúcar orgânico
  • 2 xícaras (chá) de leite de amêndoas ou de castanha de caju
  • 2 colheres (sopa) de maisena
  • 1 colher (chá) de agar-agar
  • 1 colher (chá) de extrato de baunilha

Modo de fazer

Continua após a publicidade

Para fazer a calda de caramelo, coloque o açúcar em uma panela e leve ao fogo baixo até que ele derreta. Com cuidado, acrescente a água e cozinhe até que a calda tenha engrossado e esteja com a cor de caramelo. Despeje a calda em uma forma de furo central e reserve.

Agora vamos para o pudim: dissolva a maisena e o agar agar em 1 xícara (chá) de leite e reserve.

Em uma panela, ferva o restante do leite com o extrato de baunilha. Quando começar a levantar fervura, abaixe o fogo e, lentamente, acrescente a outra xícara (chá) de leite e misture bem. Espere levantar fervura novamente e desligue o fogo.

Despeje a mistura ainda quente na forma com calda de caramelo. Em seguida, cubra-a com papel-alumínio e asse em banho-maria no forno preaquecido a 180º C, por cerca de 40 minutos.

Por último, leve para gelar por pelo menos 6 horas. Atenção: não tente desenformar antes do tempo! O pudim ainda estará mole e pode desmanchar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.