Poluição e câncer

transferir 1

Você sabia que a poluição, além de causar danos ao pulmão, pode provocar câncer em outras áreas do corpo também? A afirmativa vem de um estudo realizado por especialistas das universidades de Birmingham (Reino Unido) e Hong Kong. Eles publicaram os resultados da pesquisa na revista Cancer Epidemiology, Biomarkers & Prevention.

As partículas encontradas no ar são chamadas de material particulado. Dentre elas estão hidrocarbonetos e metais pesados produzidos por veículos, fábricas e usinas termoelétricas, etc.

A exposição a longo prazo ao material particulado está associada a um risco maior de câncer, bem como de outros problemas. Só para se ter ideia, durante a gravidez, aspirar a poluição mais fina, com cerca de 2,5 micrômetros aumenta, inclusive, a ocorrência de autismo nas crianças.

O que se descobriu com novos estudos é que, para cada 10 microgramas por metro cúbico (µg/m³) de aumento à exposição à PM2.5, o risco de morrer de qualquer tipo de câncer aumenta em 22%.

Esse aumento ainda está associado com um risco 42% maior de mortalidade por câncer no trato digestivo superior e um risco 35% maior de mortalidade por câncer nos órgãos digestivos que incluem o fígado, vias biliares, vesícula biliar e pâncreas.

Algo errado com esse post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.