Policial militar atira contra grávida durante chá revelação

Sem titulo 505

Uma grávida de 19 anos foi baleada no domingo (26.set) em um chá revelação, em Petrópolis, no Rio de Janeiro. O atirador, que é policial militar da ativa — segundo as investigações — e vizinho da vítima, teria se incomodado com o barulho da festa.

Os exames da grávida, Vitória Lopes, mostraram que a bala ficou alojada a um centímetro do coração dela. Os investigadores afirmam que o PM estava de folga no momento do crime. De acordo com testemunhas, ele estaria bebendo em um bar perto da casa da mulher.

Vitória foi submetida a uma cirurgia. Ela e o bebê passam bem. Outras quatro pessoas ficaram feridas, mas também estão fora de risco. O autor dos disparos não teve a identidade revelada e foi liberado da delegacia. O homem responderá a um inquérito civil e militar.

VEJA A REPORTAGEM ABAIXO:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.