Polícia encontra ‘cena macabra’ no apartamento onde casal foi morto pelo filho

IMG 20210805 105335

 O médico urologista Paulo de Oliveira Cesar, de 68 anos, que também era pastor da Igreja Missão, na Praia da Costa, em Vila Velha, no Espírito Santo, foi encontrado morto junto com a esposa, Raquel Heringer Cesar, de 61 anos, no apartamento da família em Itapuã, na manhã desta quarta-feira (4).

De acordo com a polícia, o crime foi cometido pelo filho do casal, Guilherme Heringer Cesar, 22 anos, que tirou a própria vida após ter matado os pais a facadas.

Segundo reportagem do UOL, Paulo foi encontrado caído no banheiro de casa, e sua mulher, em cima da cama coberta com lençóis. No local, a polícia encontrou o imóvel todo revirado e um “cenário macabro”, com desenhos de cruzes espalhados por toda a parte, um versículo bíblico, e o número 666 (considerado por religiosos como “o número da besta”) escrito nas portas.

Investigadores da Polícia Civil dizem que o jovem teria ingerido bebida alcoólica durante toda a noite, e depois ido até a cozinha, pegado uma faca e seguido para o quarto esfaquear a mãe, que dormia na cama. O pai teria acordado, tentado lutar contra o filho e também acabou esfaqueado.

Ainda de acordo com o UOL, Guilherme teria ligado para parentes e dito que tinha “cometido uma besteira”, segundo um dos investigadores. Logo depois, o jovem fugiu da cena do crime usando o carro do pai. Seu corpo foi encontrado na manhã desta quarta pelos bombeiros, entre Vila Velha e Vitória.

A Polícia Civil informou que o caso foi registrado como duplo homicídio com uso de arma branca. A faca usada no crime foi apreendida e será encaminhada à perícia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.