PGR cobra explicação de governadores sobre o baixo número de vacinação nos Estados

agencia senado augusto aras

O procurador-geral da República, Augusto Aras, reivindicou aos governadores, na última sexta-feira, explicações em relação aos baixos números de vacinação no combate ao vírus chinês nos estados, uma vez comparado com os repasses de doses do Governo Federal.

O Gabinete Integrado de Acompanhamento da Epidemia (Giac) identificou a grande diferença entre o número de doses disponibilizadas pelo Governo Federal e o número de doses aplicadas pelos estados. Com isso, o órgão concedeu o prazo de dez dias para uma possível justificativa dos governadores, visto que a diferença de doses chega a mais de 15 milhões (até sexta-feira).

“As pautas de distribuição das vacinas às unidades federativas, elaboradas e divulgadas pelo Programa Nacional de Imunizações por meio de informes técnicos da campanha, já direcionam as prioridades para as quais aquelas doses devem ser destinadas”, afirma o documento.

Para fazer o levantamento, a PGR utilizou os dados do Ministério da Saúde, com as informações da plataforma LocalizaSus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.