PF apreendeu R$ 190 milhões em operações contra fraude na pandemia

policia federal 8 990x557 1

A Polícia Federal (PF) ultrapassou na última semana a marca de 100 operações contra fraudes na pandemia. Até o último dia 13, o montante apreendido chegou a R$ 190 milhões, e os valores investigados somam R$3,2 bilhões.

Em comunicado oficial, o órgão de polícia informou nessa terça-feira (20) que, desde abril do ano passado, já cumpriu 158 mandados de prisão temporária, 17 de prisão preventiva e 1.536 de busca e apreensão em 205 municípios de 26 unidades da federação.

Os estados da Paraíba, Amapá, Maranhão, Pernambuco, Sergipe, Rio de Janeiro, São Paulo, Piauí, Pará, Amazonas e Rondônia já foram cenário de operações nesse período.

O estado do Pará lidera sobre o montante de contratos investigados nos gastos, com R$ 1,4 bilhão. Em seguida, aparecem Rio de Janeiro, Pernambuco, São Paulo, Minas Gerais, Rondônia e Piauí.

O jornalista Allan dos Santos, durante o Boletim da Noite de terça-feira (20), criticou o posicionamento dos senadores da CPI da Pandemia que acusam Bolsonaro de genocida e não investigam prefeitos e governadores responsáveis pelos desvios.

“A PF apreendeu R$190 milhões e até agora ninguém conseguiu sequer uma única prova contra o presidente Bolsonaro, nada, absolutamente nada. Mas a PF apreendeu, esse pessoal será falado na CPI? Não!”, lamentou o jornalista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.