Paulo Nobre provoca Rogério Ceni e revela maior título da vida

inbound7512261085076421765
Paulo Nobre, ex-presidente do Palmeiras.

THIAGO GOMES

Thursday, April 29, 2021

 

Facebook

 Twitter Pinterest WhatsApp

Paulo Nobre, ex-presidente do Palmeiras, conversou com Os Bocca Palmeiras e fez algumas revelações. Nobre aproveitou o espaço e provocou Rogério Ceni, atual técnico do Flamengo e ex-goleiro do São Paulo.

“Tiveram vários gols bonitos. Teve aquele p… golaço do Diego Souza do meio de campo. Mas o gol que o Alex fez no Morumbi, aquela sequência de chapéus, inclusive, no goleiro do São Paulo, que era super rival nosso. A gente pode falar o que quiser, mas ele era um bom goleiro e foi fundamental na Copa do Mundo de 2002. Se não fosse ele, quem iria pegar Gatorade para o Marcos? Pensa nisso. Tem que valorizar. Ele foi super importante. Era o terceiro goleiro, mas era um parceirão do Marcos e pegava Gatorade toda vez que ele estava com sede. Tenho o maior respeito por ele. Era um baita goleiro. Não chegou a ser um Marcos, mas foi um grande goleiro. O Alex ter feito aquele gol chapelando ele… aquilo foi uma pintura. Não foi um gol”, disse.

PUBLICIDADE

O ex-presidente também revelou qual foi o maior título que viu.

“Nada na minha vida vai superar o de 12 de junho de 1993 [Palmeiras conquistou o Paulistão diante do Corinthians após 17 anos sem títulos].Eu fui ao meu primeiro jogo em 1997. Eu era exatamente o ‘filho do jejum’, porque o Palmeiras havia conquistado o último título em 1976. Eu passei a minha infância inteira, a adolescência, o colegial e a faculdade… todos os times eram campeões, menos o Palmeiras. Eu tinha a sensação de que eu era o culpado do Palmeiras não ter conquistado um título. Aquilo pra mim era pesado e sofrido. Ter conquistado contra o nosso grande rival, de 4 a 0, e ter sido o meu primeiro título aos 25 anos, nada vai superar,” disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.