Partiu, Boca? Felipe Melo abre o jogo sobre eventual negociação com os Argentinos

Nesta terça-feira, a repórter Milena Portella, da ESPN Argentina, contou que o Boca Juniors quer ter o volante Felipe Melo, que ainda não renovou seu contrato com o Palmeiras. Em participação no “Bola da Vez”, da ESPN Brasil, porém, o Pitbull negou que tenha aberto conversas com a equipe argentina e negou que o fará antes de escutar o “clube que ama”.

LEIA TAMBÉM: “Palmeiras tem muito mais condições de faturamento que o Atlético-MG”, diz Mauro Cezar

O camisa 30 ainda salientou que seu foco está em “continuar ganhando títulos” com o Verdão, já pensando nas disputas da Recopa Sul-Americana, contra o Defensa y Justicia, e da Supercopa do Brasil, contra o Flamengo, em abril.

A entrevista completa vai ao ar neste sábado, na ESPN Brasil e no ESPN App.

Eu vi algumas pessoas no Twitter dizendo que o Felipe está negociando com outros clubes. Eu jamais negociei com outros clubes e não estou conversando com ninguém. Estou focado no Palmeiras. Temos duas decisões pela frente, que são troféus inéditos para o clube, a Recopa Sul-Americana e a Supercopa do Brasil, e não tenho nem tempo de pensar nisso. Tem pessoas que cuidam disso para mim, como cuidaram toda a minha carreira, mas está faltando um pouquinho de responsabilidade de certas pessoas que se dizem jornalistas em passar situações errôneas para as pessoas“, afirmou.

Não estou conversando com ninguém. Meu foco é ganhar e continuar ganhando títulos no Palmeiras, continuar escrevendo ainda mais histórias no Palmeiras, assim como meus companheiros. Vamos ver o que acontece no futuro. Não estou conversando, não abri conversas com ninguém. E jamais farei isso sem antes escutar o clube que eu amo, que é o Palmeiras”, completou Felipe Melo.

O volante, porém, admitiu que irá escutar propostas de outras equipes caso não renove o contrato com o Alviverde, já que planeja atuar por mais dois ou três anos.

“Não tenho dúvidas que, se não tiver a renovação com o Palmeiras, eu vou ter que me decidir e jogar em outro clube. Não vou ficar dois anos sem… Eu tenho foco de jogar mais dois ou três anos. Então, vou ter que jogar em algum clube”, pontuou.

“Especulações vão sempre acontecer, como aconteceram durante toda a minha carreira. Agora, as pessoas que trabalham em comunicação têm que ter a responsabilidade e passar para o público aquilo que é verdade”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.