Para ter reforços no Mundial de Clubes, Palmeiras muda forma de agir no mercado, Entenda!

inbound8817533433397974749

O Palmeiras já está no ritmo do Mundial de Clubes. Na Academia de Futebol, Abel Ferreira prepara a equipe para a disputa do torneio internacional, que acontecerá entre os dias 03 e 12 de fevereiro em Abu Dahbi.

Nesta quarta-feira, o Verdão foi superado pela Portuguesa no Allianz Parque por 2 a 1. Depois de empatar o jogo-treino diante do Pouso Alegre, a equipe teve mais um teste importante para a temporada.

Pela manhã, o Alviverde anunciou a chegada do zagueiro Murilo. Mesmo não sendo canhoto, pedido do treinador português, o defensor chega para compor o elenco e até brigar por uma vaga no time titular.

Para conseguir ter mais reforços para a disputa do Mundial, a diretoria palmeirense alterou o ritmo e o curso das negociações. Lucas Alario, atacante que está no Bayern Leverkusen, tem 28 anos e está fora do perfil buscado no momento, mas pode ser contratado como “exceção”. As conversas continuam e podem ter um desfecho até o final da semana.

Taty Castellanos, do New York City, está dentro das características buscadas, mas o clube norte-americano quer mais de R$ 100 milhões para liberá-lo. Valor totalmente fora das possibilidades atuais.

Para o setor ofensivo, apenas Rafael Navarro foi contratado. O Palmeiras busca mais um centroavante e, além de Alario, a ideia é trazer mais uma opção para Abel Ferreira. O mercado, entretanto, está inflacionado e difícil. O prazo para inscrições no Mundial está cada vez mais apertado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.