Palmeiras descarta pagar 10 Milhões e vai perder atacante

inbound912975005786114905

O Palmeiras definiu a situação de mais um jogador de seu elenco sub-20 nesta temporada e não vai comprar os direitos econômicos do atacante colombiano Marino Hinestroza.

O jogador de 19 anos está emprestado ao Verdão até o próximo dia 31 de dezembro e o clube decidiu não exercer a opção de compra de 70% dos direitos econômicos por US$ 1,8 milhão (cerca de R$ 10 milhões na cotação atual), de acordo como “Nosso Palestra“.

Assim, Marino vai retornar inicialmente ao América de Cali, da Colômbia, clube que é dono de 100% de seus direitos econômicos.

 

Além do valor considerado alto para a compra, o Palmeiras considera que já tem outros jogadores “mais prontos” do que Marino na equipe sub-20 que já pertencem ao clube e que podem podem ser utilizados no time profissional nos próximos anos.

 

Meio-campista também vai deixar o Palmeiras

Além de Marino, o meio-campista Vitinho, emprestado pelo Cruzeiro ao Verdão, também não será comprado e volta a Minas Gerais.

 

O jogador de 19 anos também está emprestado ao time paulista até o dia 31 de dezembro de 2021 e o Verdão solicitou a extensão do empréstimo, mas a diretoria do Cruzeiro não aceitou, segundo informações do site “Deus me Dibre“.

 

Para ter Vitinho em definitivo, o Palmeiras tem que pagar 1,8 milhão de euros (pouco mais de R$ 10 milhões), valor estabelecido em cláusula contratual, até o fim deste ano

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.