Palmeiras bate o Defensa y Justicia fora de casa e fica perto do título da Recopa

O jogador Rony, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Defensa Y Justicia, durante partida válida pela final, ida, da Recopa, no Estádio Norberto Tito Tomaghello. (Foto: Cesar Greco)

THIAGO GOMES

Thursday, April 8, 2021

 

Facebook

 Twitter Pinterest WhatsApp

O Palmeiras venceu o Defensa y Justicia pelo placar de 2 a 1 nesta quarta-feira na Argentina. Os gols foram marcados por Rony e Gustavo Scarpa. A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, no Mané Garrincha, em Brasília.

Como foi o jogo

A equipe de Abel Ferreira errou muitos passes e demonstrou falta de entrosamento no começo da partida. Foi o primeiro jogo da temporada onde os titulares participaram.

Depois de sofrer com alguns lances de perigo do time argentino, o Verdão abriu o placar aos 15 minutos. Willian serviu Rony por cima. O atacante saiu na frente de Unsain e mandou por cima: 1 a 0.

https://twitter.com/palmeirasonline/status/1379983481422372875

Benitez e Bou foram os principais alvos de perigo na primeira etapa. Zé Rafael e Raphael Veiga, em noite apagada, não conseguiram domar o meio campo. Felipe Melo ficou sozinho com dois adversários nas costas, e as chances foram aumentando.

Logo no primeiro minuto do segundo tempo, Willian puxou contra-ataque e tocou para Breno Lopes na direita. O palmeirense deu o pique e chutou cruzado, mas na diagonal. Rony entrou por cima mas não conseguiu tocar na bola.

Aos 12, o time da casa empatou. Braian Romero trocou passes com Walter Bou e saiu na frente de Weverton. Ele tirou do arqueiro alviverde e colocou números iguais no placar: 1 a 1.

Abel fez algumas alterações. Scarpa e Esteves entraram nas vagas de Willian e Raphael Veiga. O time não melhorou. Danilo e Patrick de Paula entraram nos lugares de Felipe Melo e Zé Rafael. Mais compacto e veloz, o meio-campo ganhou corpo e o Palmeiras voltou a mandar na partida.

Aos 28, Scarpa bateu falta por cima da barreira e Unsain espalmou para dentro das redes. Foi a virada palmeirense em Buenos Aires: 2 a 1.

O Defensa marcou o gol de empate, mas o juiz anulou. Os argentinos pressionaram até o final do jogo, mas não conseguiram marcar.

No Mané Garrincha, um empate garante o título da Recopa Sulamericana ao Palmeiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.