Pai mata melhor amigo após descobrir vídeo de estupro da filha de 8 anos

homem mata amigo estuprou filha 375x250 1

Vizinhos lutam para que o pai não seja condenado, pois alegam que ele agiu para proteger as crianças.

Um pai matou seu melhor amigo depois de descobrir um vídeo onde o homem aparecia estuprando a sua filha de 9 anos. Segundo as investigações, o pedófilo abusou sᕮxualmente da menina, que costumava cuidar, e de outras crianças por pelo menos cinco anos. De acordo com o Daily Mail, Oleg Sviridov, de 32 anos, possuía diversas gravações de abusos sexuais contra crianças que viviam no vilarejo de Vintai, na região russa de Samara, entre elas a filha de Vyacheslav M, de 34 anos. 

Os dois colegas de longa data estavam bebendo quando Vyacheslav acabou vendo as imagens. Ele imediatamente confrontou Oleg, mas o pedófilo conseguiu fugir. Vyacheslav então foi até a polícia e denunciou a situação, que iniciou uma caçada atrás do homem. Após uma semana de buscas sem sucesso, a polícia finalmente encontrou, na última quinta-feira (16), o cadáver de Oleg em uma floresta perto da aldeia. Vyacheslav acabou preso já que foi apontado como o possível assassino. No entanto, ele negou e declarou que o amigo havia ‘tropeçado na faca durante uma briga’, alegando que não o havia executado intencionalmente com a lâmina.

O caso continua sendo investigado já que a polícia descobriu no celular de Oleg vídeos repugnantes que mostravam estupros violentos de outras meninas da aldeia, com idades entre 6 e 11 anos. Os vídeos indicavam que o suspeito morto havia abusado de crianças por cinco anos antes de Vyacheslav descobrir a filmagem em seu telefone. 

Agora, moradores do pequeno vilarejo e comentaristas do país lutam para que Vyacheslav não seja condenado por homicídio, já que, segundo eles, o homem agiu para proteger as crianças. A proeminente jornalista de TV e ex-candidata à presidência russa Ksenia Sobchak disse a seus seguidores: ‘Todos os pais estão defendendo o assassino do pedófilo.’

Outra comentarista Anna Plekhanova disse: ‘Se o crime é comprovado por fatos de vídeo, então o pai da menina está errado? Qualquer pai normal, mãe ou pai, teria destruído tal pedófilo na hora. Proteger os filhos é responsabilidade direta dos pais.’

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.