dentro

Pai estupra a filha por quatro dias seguidos e diz que sᕮxo é bíblico

Uma mulher de 29 anos foi mantida em cárcere privado e abusada durante quatro dias pelo próprio pai, um homem de 60 anos, identificado como José Marcos Rodrigues Coutinho, preso em flagrante nesta quarta (6). O crime aconteceu no Distrito Federal.

De acordo com informações do site Metrópoles, a vítima relatou a policiais que o genitor afirmava durante as sessões de violência que “o mundo estava evoluído e que o sᕮxo entre pai e filha era bíblico”.

A mulher disse ainda que chorava muito enquanto era violentada e que o seu pai tentava consolá-la chamando-a de “filhinha”. A todo o momento, o agressor teria mantido facas e facões ao alcance para que a vítima se sentisse acuada e não resistisse aos estupros.

O drama da mulher só teve fim quando ela foi até uma repartição pública regularizar um documento na companhia do suspeito. A um dos atendentes ela afirmou que estava sofrendo violência sᕮxual e que o seu algoz era o próprio pai. O trabalhador acionou a polícia e o homem foi preso.

Ainda de acordo com informações do site Metrópoles, a vítima mora no Peru com a mãe e desembarcou no Brasil, na última sexta-feira (1º), para resolver pendências. Ela também tinha a intenção de rever o pai que não via desde a infância. A mulher de 29 anos inclusive é fruto de um estupro cometido pelo pai contra a mãe dela, quando ele estava preso por comenter uma série de crime. A violência aconteceu durante uma visita na cadeia.

Relatório

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.