Pai é preso suspeito de abusar da filha: “Depois papai manda Pix”

De acordo com a PM, o pai teria dito que faria um Pix para a filha depois de estuprá-la. Caso ocorreu em Caldas Novas, região sul de Goiás

Um homem, de 34 anos, que não teve o nome divulgado, foi preso, nessa segunda-feira (1º/1), sob suspeita de estuprar a filha de 17 anos após uma festa. O caso ocorreu em Caldas Novas, Goiás. De acordo com a Polícia Militar do estado, a adolescente contou que, durante o estupro, o pai disse que faria um Pix após abusá-la. Ele nega as acusações.

Eles teriam combinado de se encontrar em uma festa de Ano-Novo. Segundo depoimentos, após a comemoração, ele convidou a jovem para dormir na casa dele. As informações são do delegado Gustavo Ferreira.

Pai convidou filha para casa
O delegado conta ainda que, segundo a adolescente, o homem havia insistido para que ela fosse até a residência dele, e a jovem acabou aceitando o convite.

“A filha relatou em depoimento que, ao chegarem à casa dele, ela estava um pouco embriagada, mas ainda consciente, e que o suspeito foi tomar banho e depois foi nu ao quarto que ela estava e forçou relações com ela”, detalhou o delegado.

“Depois papai manda Pix”

Segundo a PMGO, durante a prisão, a garota relatou que o homem oferecia dinheiro durante o abuso: “Só um pouquinho, depois papai manda Pix”.

Pela manhã, a jovem pediu para que a mãe fosse buscá-la. Foi quando chamaram a polícia para denunciar o crime.

Segundo informações do delegado, o suspeito afirmou que dormiu na mesma cama que a filha, mas nega que tenha cometido o crime e acrescenta que a adolescente estava muito bêbada.

Material genético foi recolhido e encaminhado para análise para confirmação do crime.

“Independentemente de ela já ter 17 anos, é em tese um estupro de vulnerável porque ela estaria bêbada no momento”, explica o delegado

Fonte :