Pai descobre que clínica usou esperma de outro homem em fertilização in vitro e filho não é seu

donna e vanner 418x235 1

O casal norte-americano Donna e Vanner Johnson foi surpreendido ao comprar um kit caseiro de teste de DNA para se divertir. Vanner acabou descobrindo que seu filho, de 12 anos, não é biologicamente seu.

Para espanto do casal, o menino, que havia sido concebido por meio de tratamento de fertilização in vitro em uma clínica, é filho de outro pai. Ou seja, o óvulo de Donna foi fertilizado com o esperma de um estranho.

“Quando olhei aquela página e vi a mãe, mas ‘pai desconhecido’, pensei: ‘O que você quer dizer com pai desconhecido? Eu sou o pai dele’”, disse Vanner, em entrevista ao ABC4.com.  “Tivemos que lidar com muitas emoções. Como esse erro pode acontecer? por que aconteceu e o que fazemos agora?”, questionou o norte-americano.

Após a notícia, Vanner e Donna entraram em contato com a clínica que fez o tratamento de fertilidade, e ela acabou confirmando que o esperma de um estranho foi usado para fertilizar o óvulo de Donna.

Um ano após descobrir a verdade, o casal decidiu procurar o pai biológico de seu filho. Depois de entrarem em contato por telefone, Donna e Vanner viajaram para encontrar o homem. “Eu perguntei a ele [pelo telefone]: ‘Você é Devin McNeil, sua esposa é Kelly, e vocês dois fizeram fetilização in vitro alguns anos atrás?’ Ele disse ‘sim’ e eu disse: ‘Bem, tenho algo que preciso falar com você’”, revelou.

Assim como Donna e Vanner, Devin e Kelly também estão em processo de ação legal contra a clínica de fertilidade. “É extremamente inadequado lidar com isso”, lamentou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.