Pai dá cinco tiros em homem que teria divulgado nudes da filha dele de 12 anos

1 pessoas sentadas no bar a esquerda do video subtenente do corpo de bombeiros discutindo com o jovem de 21 anos 0 6976342

Um homem de 21 anos foi atingido por cinco tiros dentro um bar, no Bairro São José, em Montes Claros, no Norte de Minas, na noite dessa quarta-feira (27/10). Ele foi socorrido e está internado na Santa Casa da cidade, em estado grave, respirando com a ajuda de aparelhos, depois de passar por cirurgia.

O suspeito dos tiros é um subtenente do Corpo de Bombeiros de Montes Claros, de 42 anos, que estava à paisana, de folga. A suspeita é que o militar teria atirado na vítima, enfurecido pelo fato de o rapaz ter divulgado ‘nudes’ de uma adolescente, de 12 anos, que seria filha do militar.

Esta versão ainda não foi confirmada pela Policia Civil, que instaurou inquérito para apurar o caso. De acordo com a Policia Militar, “testemunhas informaram que a motivação do crime seria devido a vítima ter importunado sᕮxualmente a filha do autor”.

O suspeito fugiu logo depois do crime. A reportagem do Estado de Minas apurou que o advogado de defesa do militar entrou em contato com a delegacia e informou que ele vai se apresentar.

Na manhã desta quinta-feira (28/10), comando do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) divulgou nota, na qual informa que ‘está acompanhando e tomando todas as medidas legais cabíveis’ em relação ao episódio ocorrido em Montes Claros, envolvendo um integrante da corporação, que, ‘após uma discussão em um estabelecimento comercial, disparou sua arma de fogo e atingiu um indivíduo’.

O comando dos bombeiros promete rigor na apuração do caso. “O CBMMG realizará as apurações com rigor e observância das prescrições legais”, diz a nota. O militar envolvido no caso tem 23 anos de corporação.

Imagens de um vídeo do sistema de segurança do bar mostram a dinâmica do crime, relatada em boletim de ocorrência da Polícia Militar. O vídeo circula nas redes sociais.

Conforme o registro de ocorrência da PM, o suspeito estava sentado em uma mesa com sua mulher e uma filha. Depois de pedir a conta ao garçom, ele puxou uma cadeira e sentou em outra mesa próxima, onde estava o rapaz, com o qual iniciou uma discussão.

O militar deu um soco no rosto da vitima (conforme pode ser conferido pelas imagens do vídeo), que se levantou para ir ao banheiro, sendo seguido pelo suspeito. Nesse momento, o homem sacou uma arma e efetuou cinco disparos em direção jovem. Logo em seguida, o suspeito deixou o local em um carro, junto com seus familiares.

No vídeo não aparece a imagem do militar atirando na vitima. Mas a filmagem mostra o momento em que as pessoas que estavam no estabelecimento, ao ouvirem os tiros, deixam as mesas e saem correndo. O Bairro São José fica situado na região central da cidade.

Segundo o registo da Policia Militar, a vitima foi atingida pelos tiros no abdômen, tórax e em um dos braços. O rapaz foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Movel de Urgên cia e Emergência (Samu) e encaminhado para a Santa Casa de Montes Claros.

Na manhã desta quinta-feira, o hospital informou que o ‘paciente passou por procedimentos cirúrgicos e neste momento está em estado grave, respirando com a ajuda de aparelhos’.

Veja a nota dos bombeiros, na íntegra:

“O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) informa que está acompanhando e tomando todas as medidas legais cabíveis em relação ao episódio ocorrido na data de 27 de outubro, na cidade de Montes Claros, no qual um militar do CBMMG, estando de folga e à paisana, após uma discussão em um estabelecimento comercial, disparou sua arma de fogo e atingiu um indivíduo.

O CBMMG realizará as apurações com rigor e observância das prescrições legais.

O CBMMG reafirma o seu compromisso de servir à população mineira, zelando sempre pela boa conduta de seus integrantes por meio da estrita observância das leis e da colaboração com os órgãos de investigação e judiciários.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.