Pra quem me pediu a receita aqui está! Fatias Húngaras deliciosas

Fatias Húngaras deliciosas
Ingredientes da massa:
2 tabletes de fermento para pão
5 colheres (sopa) de açúcar
2 xícaras (chá) de leite morno
3 ovos
1 colher (sopa) de margarina
1/4 xícara (chá) de óleo
1 kg de farinha de trigo– Recheio:
5 colheres (sopa) de margarina
1 xícaras (chá) de açúcar
1 pacote (100 g) de coco ralado– Calda:
2 xícaras (chá) de leite
1 xícara (chá) de açúcar
Modo de Preparo:
Misture os 3 primeiros ingredientes e depois os outros 3
Por fim coloque a farinha de trigo até que desgrude das mãos.
Deixe descansar por 30 minutos, enquanto isso faça o recheio. Misture tudo até virar um creme. Abra metade da massa com um rolo de macarrão.Coloque a metade do recheio, espalhe bem e enrole a massa como rocambole
Corte as fatias, coloque – as em formas untadas e leve ao forno por aproximadamente 25 minutos, ou até dourar.
Ferva o leite e o açúcar, com as fatias prontas e ainda quente jogue a calda por cima. Delícia de receita para o café da tarde.

Homem é preso após abusar e ejacular no rosto de criança de 5 anos

O caso é revoltante. Um homem identificado como Cleovane Rodrigues dos Santos de 23 anos, foi preso em flagrante nesta quinta-feira, no bairro Arco Verde em Teixeira de Freitas Bahia. Ele é acusado de abusar sexualmente de uma criança de apenas cinco anos.
Cleovane é tio emprestado da vítima, já que seu irmão que não teve o nome divulgado é padrasto da criança.
A mãe da garotinha contou para a Polícia que o acusado chegou a sua casa procurando pelo irmão e em seguida tentou lhe agarrar. A mulher teria saído para procurar ajuda e quando retornou ao imóvel com o companheiro (irmão de Cleovane) encontrou o acusado em cima da filha em uma cama.
Em entrevista à imprensa, a mãe bastante abalada disse ainda, que Cleovane ejaculou no rosto da criança, que reclamava de dores na região da boca e na barriga.
Na delegacia, Cleovane estava alterado, aparentando estar sob efeito de substâncias químicas e negou as acusações. Ele foi ouvido e flagranteado por estupro de vulnerável.

Ambulância que transportava criança em estado grave pega fogo e por pouco ela não morre carbonizada 

Uma ambulância que transportava uma criança do município de Coroatá no Maranhão para um hospital de São Luís, pegou fogo durante o trajeto.
De acordo com informações a ambulância pegou fogo próximo ao município de Itapecuru-Mirim. Os profissionais conseguiram retirar a criança a tempo e por muito pouco ela não foi carbonizada.
Uma foto, mostra a pequena criança às margens da rodovia ainda na maca e com aparelhos respiradores. A criança estaria com coágulos no cérebro e complicações no pulmão e necessita urgentemente de um leito na UTI.
A criança foi levada até a capital por um helicóptero do CTA da Polícia Militar do Maranhão.

Ambulância que transportava criança pega fogo em rodovia do Maranhão e por pouco não morre carbonizada 

Uma ambulância que transportava uma criança do município de Coroatá no Maranhão para um hospital de São Luís, pegou fogo durante o trajeto.
De acordo com informações a ambulância pegou fogo próximo ao município de Itapecuru-Mirim. Os profissionais conseguiram retirar a criança a tempo e por muito pouco ela não foi carbonizada.
Uma foto, mostra a pequena criança às margens da rodovia ainda na maca e com aparelhos respiradores. A criança estaria com coágulos no cérebro e complicações no pulmão e necessita urgentemente de um leito na UTI.
A criança foi levada até a capital por um helicóptero do CTA da Polícia Militar do Maranhão.

Sem acordo com o BASEL, Arthur Cabral pode parar no futebol Francês

Emprestado ao Basel, da Suíça, desde agosto do ano passado, o atacante Arthur Cabral impressionou a diretoria local com nove gols em 24 jogos e viu o clube tentar adquirir seus direitos econômicos antes mesmo das metas estipuladas em seu contrato para a execução da opção de compra.
Porém, de acordo com a apuração da reportagem do Esporte Interativo, antes mesmo da paralisação do futebol, a forma de pagamento proposta pelos suíços não permitiu que um acordo fosse fechado e um concorrente francês pode se aproveitar disso.
O contrato de empréstimo de Arthur Cabral prevê a possibilidade de execução da opção de compra por 4,5 milhões de euros caso o atleta realize 23 partidas na temporada e balance as redes 12 vezes. Restando apenas três gols para o cumprimento dessa meta, o Basel optou por abrir negociação com o Palmeiras para antecipar o acordo previsto em contrato e recebeu sinal positivo da diretoria alviverde. Entretanto, como apurou a reportagem do Esporte Interativo, os suíços propuseram o pagamento parcelado, fato que fez o Palmeiras recuar na negociação, já que aceitaria antecipar a venda somente com o depósito integral do dinheiro.
Em meio a esse entrave, o Rennes, da França, já demonstrou interesse no jogador e o Esporte Interativo apurou que o clube não enxerga problema no pagamento integral do mesmo valor previsto no contrato de empréstimo de Arthur Cabral com o Basel. O vínculo do atacante com os suíços se encerra no dia 30 de junho e, caso nenhuma das partes mude a postura na negociação, a data pode marcar a volta de Arthur Cabral ao Palmeiras ou o acerto do atacante com uma nova equipe

Futuro Papai, Jailson brinca com treinos por vídeo no Palmeiras e pede prioridade a saúde na pausa

 
Enquanto se adapta à nova rotina de treinos nesta quarentena, o goleiro Jailson também vive um momento diferente fora do futebol.
O arqueiro do Palmeiras tem se preparado para ser pai pela segunda vez. A esposa do jogador, Mônica, está grávida de quatro meses.
 
Recentemente, Jailson postou em uma rede social imagens do ultrassom da esposa e destacou na legenda: “Feliz demais. Agradeço a Deus por mais essa bênção”. Em conversa com o GloboEsporte.com, comentou como tem sido os dias desde a descoberta da gravidez da esposa.
– É uma felicidade muito grande ser pai. Isso é uma bênção. A família está aumentando, e eu fico aquele pai bobão. Toda hora fico perguntando as coisas para a esposa, quero saber se está tudo bem, coloco a mão na barriguinha, fico conversando. Vou ser um pai bobão (risos) – disse o jogador, que tem uma filha de 15 anos do primeiro casamento.

“Flávio é corrupto e Bolsonaro é tão nocivo quanto Lula”, diz MamãeFalei

O deputado estadual Arthur do Val (Patriota-SP), também conhecido como “Mamãe Falei”, diz querer que Flávio Bolsonaro seja preso por ser corrupto e que Jair Bolsonaro está acabando com as estruturas da República.
“Muitas pessoas acham que só é o filho do Bolsonaro dando uma roubadinha. Quem dera os problemas fossem só as rachadinhas do Flávio deputado estadual.
O Bolsonaro está acabando com as estruturas da República, fazendo interferência clara na Polícia Federal, aparelhando o Ministério Público com  Augusto Aras. Ele está acabando com as estruturas públicas de combate à corrupção. É tão grave quanto Lula”, disse o deputado.
Adiante, MamãeFalei afirmou que votou em Bolsonaro apenas no segundo turno em 2018. No primeiro, ele afirma que votou em João Amoedo. Quanto a Flávio Bolsonaro, o 01, ele diz ter “certeza” que ele é corrupto e que deveria ser preso.
“Tenho certeza que ele é corrupto. É muita evidência. Não tem como ser inocente. Quero crer que o país vai conseguir colocá-lo atrás das grades. E o desafio a me processar. Quero ver que se tem moral”, completou.

Homem afirma que matou a esposa por causa de dinheiro do auxílio emergencial

Uma mulher identificada como Marlene Silva Santos, de 28 anos, foi assassinada a facadas na cidade de Caracol, a 600 km de Teresina. O companheiro dela foi preso pela Polícia Militar e confessou o crime, afirmando que os dois haviam discutido porque ela não queria dividir com ele o dinheiro do auxílio emergencial do Governo Federal. Outro homem, amigo do companheiro da vítima, também foi preso suspeito de participar do crime.

Segundo a Polícia Militar, Marlene chegou a ser antedida por profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu e morreu a caminho do hospital. Marlene era mãe de três crianças, frutos relacionamento anterior.

Dois homens foram presos suspeitos pelo crime. O companheiro da vítima, identificado apenas como Leonardo, de 24 anos, se apresentou a Polícia Militar depois de passar cerca de duas horas escondido em um matagal. O outro preso seria amigo de Leonardo, e teria participado do crime. O caso será investigado pela Polícia Civil, que deve determinar qual foi a participação de cada um.Continua depois da publicidade.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o casal estava bebendo em casa quando passaram a discutir. Aos policiais, Leonardo afirmou que a companheira não queria dividir com ele o dinheiro do auxílio emergencial. Durante a discussão, o suspeito disse que a vítima o tentou agredir com a faca, mas ele teria conseguido desarmá-la e em seguida, usou a faca para golpeá-la no pescoço. Em seguida, fugiu do local.

Leonardo foi preso ainda com a faca utilizada para matar a companheira. Ele e o amigo, que teria participado do crime, foram encaminhados para a Delegacia de São Raimundo Nonato, a 87 km de Caracol.

pai a facadas e deixa mãe gravemente ferida durante confusão

Andrei dos Santos Queiroz, 21, foi preso na manhã dessa quinta-feira (21), suspeito de matar o próprio pai a facadas e ferir gravemente a mãe dentro da casa da família no bairro de Petropólis, na Zona Sul.

O crime ocorreu por volta das 5h, na rua Gilberto Mestrinho, no imóvel onde também estava a irmã do acusado, de apenas 5 anos. Em depoimento à polícia, Andrei contou que na ocasião estava tentando defender a mãe que estava sendo agredida pelo esposo embriagado.

O jovem detalhou que o homem estava bebendo desde a tarde de ontem (20), e nessa madrugada iniciou uma briga com a mulher, momento em que partiu para cima dela e começou a agredi-la.

Revoltado com a cena que se repetia frequentemente, Andrei tentou interferir, mas o pai o acertou pegou uma barra de ferro e o golpeou.

Descontrolado, o rapaz foi até a cozinha e retornou com uma faca. Pai e filho se atacaram e Queiroz acabou desferindo vários golpes no tórax, abdômen e ombros do homem que acabou morrendo ali mesmo.

Enquanto ele desferia os golpes, a mãe desesperada tentou impedir a tragédia, mas acabou sendo golpeada. Ela foi socorrida e encaminhada ao Hospital 28 de Agosto em estado grave.

Vizinhos chamaram a polícia e o jovem foi preso na cena do crime. Ele alega que cometeu o crime na tentativa de defender a mãe e a si mesmo e justifica que não aguentava mais ver o pai espancar a família todas as vezes em que bebia.

Andrei foi levado para a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) e a irmã foi entregue a aos cuidados de um familiar. Moradores afirmaram que ele e a criança são muito apegados e que ele sempre estava com ela.

Daniela Mercury critica Bolsonaro sobre a forma que ele governa o País: “tristeza e indignação”

Uma das artistas com maior posicionamento contrário ao presidente Jair Bolsonaro, a cantora Daniela Mercury declarou que é “inaceitável a forma como o presidente se comporta” em meio ao combate da pandemia de coronavírus no país. Em entrevista à colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, a baiana lamentou os rumos do atual governo.
Eu tenho acompanhado o dia a dia e vejo com tristeza e indignação o que está acontecendo. É inaceitável a forma como o presidente se comporta, agredindo a imprensa cotidianamente e apoiando manifestações contra os outros poderes. É chocante a falta de solidariedade e indiferença pelas vidas dos brasileiros mortos pelo Covid-19. Ele nega a ciência, as orientações científicas da OMS e não acredita no isolamento social como tem sido feito por governadores e prefeitos. O governo federal não tem protegido o que é mais valioso para os brasileiros: a vida, a saúde pública, a democracia e nem a economia”.
E continuou. “As crises constantes no governo são tão nocivas quanto a pandemia. O governo não entende a importância social e econômica da preservação da natureza, das florestas, das populações indígenas, ribeirinhas e quilombolas, não respeita a liberdade de imprensa, a diversidade, a ciência, a laicidade do Estado, os direitos dos trabalhadores, não respeita os artistas e a cultura, nem os pesquisadores, as universidades, os professores e alunos. Vejo que querem entregar nossas riquezas e vender empresas estatais estratégicas e produtivas. Na minha opinião, sem direitos humanos, sem justiça social, sem harmonia entre os poderes, sem apoio internacional, sem distribuição de renda, sem um Estado de bem-estar social, sem preservação ambiental, sem diálogo e sem a contribuição dos que pensam diferente dentro e fora do país, não há como o Brasil sair da crise sanitária, social, econômica, política e institucional que já estamos enfrentando”.
A cantora aproveitou também para criticar a falta de posicionamento dos artistas sobre a política. “O ideal é que todos os artistas se interessem por política e atuem em causas de interesse público e entendam o que está acontecendo no Brasil e no mundo para se manifestar sempre que for necessário. Mas como qualquer cidadão, o artista precisa se informar sobre cada assunto e ler várias fontes para ser consistente. E isso não é simples e demanda interesse, tempo e dedicação. […] “Muitos artistas se manifestam diariamente, mas sem dúvida é uma situação delicada. Depende da autonomia, da independência, dos seus princípios e de sua capacidade de indignação. Em geral, nas democracias as pessoas que atuam pelas causas importantes são apenas uma parte da população”.
Daniela ainda estendeu a sua desaprovação à Secretaria de Cultura, que atualmente é liderada pela atriz Regina Duarte. “O governo acabou de vetar a ampliação do auxílio emergencial para abranger artistas desempregados, numa clara hostilidade à categoria, numa demonstração de omissão ou desprestígio da Secretaria.
Deveria haver apoio claro ao projeto de Lei de Emergência Cultural que deve ser votado nos próximos dias no Congresso, por exemplo. Mas não vemos nenhuma ação efetiva da Secretaria em favor dos artistas e dos trabalhadores da área cultural”.
Sem subir aos palcos por causa da pandemia, a artista afirmou que o maior objetivo no momento é vencer a pandemia, para depois recuperar os prejuízos. Para ela, ainda é preciso o governo fazer mais por quem mais precisa. “
Estou tão preocupada com a saúde das pessoas que amo, da população do Brasil e do mundo que não consigo pensar em mais nada. Com saúde, depois de vencer a pandemia, a gente corre atrás do prejuízo econômico.
Eu não acho que a atitude de qualquer governo pudesse evitar o prejuízo econômico diante dessa pandemia! Poderia até atenuar como tem atenuado em alguns países, mas não temos certeza de nada atualmente.
Aliás, eu tenho convicção de uma coisa: a ajuda aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo governo ainda é tímida diante da real necessidade da população mais fragilizada. É preciso fazer mais”.