Comunidade F7 – Página: 13 – Jornalismo colaborativo brasileiro

Delegado Paulo Bilynskyj é baleado e namorada morre durante briga em SP

O delegado da Polícia Civil de SP Paulo Bilynskyj, instrutor de tiros e conhecido nas redes sociais por defender o uso de armas para proteção de vidas, foi baleado pela namorada na manhã de hoje, em um apartamento em São Bernardo do Campo (Grande São Paulo), segundo investigação preliminar. A mulher que estava com ele foi encontrada no local morta, também com marca de tiro.

Policiais militares que foram ao local disseram à reportagem que a mulher, identificada como uma modelo, com quem o delegado se relacionava recentemente, atirou três vezes no peito do delegado durante o tiroteio.

Policiais civis dizem que os tiros atingiram dedo, perna e abdômen. Ambos foram socorridos ao Hospital Green Line.

Policiais civis colegas do delegado afirmaram que ele está em UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e que o estado é grave porque ele perdeu muito sangue.

O Boletim de Ocorrência ainda não havia sido finalizado pela Polícia Civil até esta publicação. Policiais civis disseram que, preliminarmente, duas hipóteses são aventadas: feminicídio contra a mulher ou tentativa de homicídio contra o delegado seguida de suicídio.

Diversos policiais militares foram até o local dos fatos. No entanto, procurada, a PM (Polícia Militar) afirmou que não iria se posicionar e pediu que a reportagem procurasse a SSP (Secretaria da Segurança Pública). A reportagem questionou a pasta, mas não teve retorno até esta publicação.

O prédio é o mesmo onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem um apartamento.

 

Fonte: UOL

Doria possui duas licitações de equipamentos sob suspeitas

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), está sob suspeitas devido à compras realizadas pelo seu governo durante a pandemia do novo coronavírus. As denúncias foram apresentadas em um período de 15 dias.

No começo deste mês, O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo abriu investigação para apurar a compra feita pelo governo estadual de 3.000 respiradores da China, sem licitação, a um custo de mais de R$ 550 milhões.

Na manhã desta terça-feira (19), o governo de Doria contratou, por R$ 24 milhões, uma empresa acusada de integrar uma máfia da merenda para fornecer cestas básicas na periferia de São Paulo. Trata-se da JV Alimentos, que está com os bens bloqueados desde 2016.

O Palácio dos Bandeirantes negou as irregularidades e disse que, como São Paulo é o epicentro do coronavírus no Brasil, o estado agiu “para salvar a vida dos pacientes que não têm esse tempo para esperar”.

Mulher é flagrada “trepando” com marido internado com Coronavírus

A redação do portal, recebeu uma imagem onde mostra uma mulher tirando o atraso do marido que, segundo informações, teria sido internado com suspeita da Covid- 19

O vídeo mostra a mulher fazendo sexo com o suposto paciente na enfermaria de um hospital não identificado.

O autor do vídeo não soube informar em qual cidade aconteceu o ato, mas mostra a ousadia do casal.

Tentamos obter mais informações sobre o ocorrido, mas até o fechamento desta reportagem não havia fatos novos.

Sport contesta resposta do Flamengo e pode recorrer à Justiça por pagamento de renovação com Renê

O imbróglio entre Flamengo e Sport pelo pagamento da renovação do lateral Renê ganhou novos capítulos. Segundo informações do jornalista Venê Casagrande, do jornal “O Dia”, o clube pernambucano não se mostrou satisfeito com a resposta do Rubro-Negro e não descarta recorrer à Justiça para resolver o caso.

“O Flamengo diz que esse documento foi aprovado pelos conselheiros e não fará alterações em seu balanço. Essa resposta não caiu bem no Sport. Conversei com uma pessoa do departamento jurídico do Sport, que me garantiu que a resposta do Flamengo não foi suficiente. Eles querem que o clube afirme em algum documento que nada foi pago ao Sport, por conta de questões contábeis. […] Eles pensam em ir à Justiça caso seja necessário“, revelou o jornalista, em seu canal no YouTube.

O Sport enviou uma notificação extrajudicial ao Flamengo, questionando o pagamento de R$ 5,6 milhões referentes à renovação de contrato de Renê.

No balanço financeiro divulgado pelo Rubro-Negro, consta que o valor foi pago “aos credores Sport/MP Eventos”. Entretanto, apenas a empresa MP Eventos, responsável por parte dos direitos econômicos do lateral, tinha direito a receber pela renovação.

Quando ainda pertencia ao Sport, Renê, o clube pernambucano e a MP Eventos assinaram uma concessão de direitos econômicos. A equipe de Recife cedeu parte dos direitos do lateral à empresa e ratificou os termos em 2017. Posteriormente, já na negociação envolvendo o Fla, optou por não repassar nenhuma parte do montante à empresa, cedendo, assim, o restante dos direitos econômicos que lhe pertenciam.

Na renovação de contrato, em 2019, o Flamengo decidiu adquirir mais 25% do defensor, desembolsando cerca de R$ 5,6 milhões e garantindo 75% dos direitos. A MP Eventos também se posicionou sobre o imbróglio e garantiu que os pernambucanos não têm direito a receber pelo acordo.

Tereza Cristina mata Marcela asfixiada

Após ver Ferdinand (Carlos Machado) fracassar duas vezes, Tereza Cristina (Christiane Torloni) decide matar Marcela (Suzana Pires) com as próprias mãos em Fina Estampa. A ricaça se disfarça com uma peruca loira para não ser reconhecida, entra no CTI onde a rival está internada e enrolar a enfermeira do local para ficar sozinha com sua vítima.

A esposa de René (Dalton Vigh) diz que é uma amiga especial da jovem e que veio de São Paulo apenas para consolar a morena. Diante da chantagista, a vilã pega um travesseiro e deixa claro que vai asfixiá-la: “Vamos cantar para subir, bebê”.

Apavorada, Marcela tenta se defender, mas Tereza está convicta de que precisa acabar de vez com a jornalista para manter o segredo de seu passado longe de ameaças: “Fica quieta, criatura! Garanto que não vai demorar… E não se preocupe: você não vai sentir nada! Nem agora, nem depois, nem nunca, sua maldita”.

Tereza sufoca Marcela com o travesseiro até a jornalista parar de se debater. Ao perceber que a vítima não tenta mais reagir, ela levanta a peça e se assusta quando a morena abre os olhos e dá um último suspiro.
Para ter certeza que de ela não irá se salvar mais uma vez, a socialite volta a sufocá-la. “Dorme neném, que a cuca vem pegar, mamãe foi às compras, papai foi trabalhar…”, cantarola.

Ao conferir o monitor cardíaco zerado, a vilã coloca o travesseiro no lugar e vai embora fazendo piada da situação: “Depois desse exercício todo, posso ficar uma semana sem malhar”.

‘Fina estampa’: Teodora é desmascarada na frente do filho

Nos próximos capítulos de “Fina estampa”, Teodora (Carolina Dieckmann) será desmascarada por Wallace (Dudu Azevedo). Tudo começará quando a moça estiver num restaurante com Quinzé (Malvino Salvador) e Quinzinho (Gabriel Pelícia) num raro momento de trégua. O lutador, então, aparecerá e irá até a mesa:

– Quantas vezes que tu vai cair na história dela, ein? Escuta só, você vai se dar mal outra vez, não tem escapatória para você – ele dirá a Quinzé.

– É melhor tu embora, cara – ameaçará o filho de Griselda (Lilia Cabral).

Os dois, então, começarão a discutir e Wallace fará uma revelação:

– Essa aqui já tá com um bote armado para dar em você… Ela foi me procurar para me pedir grana… pedir grana para pagar um advogado.

Quinzé questionará o motivo dela precisar de um advogado:

– Para pedir a guarda do filho dela na justiça – completará o lutador, deixando Quinzé abismado e Teaodora sem saída.

Mãe de Anitta sai de casa por não concordar com “vida louca” da filha

Anitta sempre teve a mãe como sua grande e fiel companheira, por isso, elas sempre viveram juntas. Mas logo após o fim do último relacionamento da filha, dona Miriam Macedo decidiu sair da mansão na Barra e voltar a morar no subúrbio, na casa de uma irmã. Miriam teve uma criação católica e bastante conservadora e nunca entendeu o comportamento sexual da filha. Ela percebia que, mesmo com seus namorados, sempre havia uma terceira pessoa na cama, independentemente do sexo.

Dona Miriam também não concordou com as inúmeras festas realizadas por Anitta neste período de quarentena. Não foi só no aniversário, ela vive reunindo os amigos. E, para não colocar em risco a própria vida, decidiu sair de casa.

Assim foi com o relacionamento com o Pedro Scooby, que relatou a amigos ter sempre uma pessoa a mais na relação sexual. Durante a apuração do livro “Furacão Anitta”, dona Miriam disse, em uma longa entrevista que não entendia o fato da filha gostar de meninos e meninas ao mesmo tempo. “Eu entenderia se ela gostasse de uma coisa, mas de tudo, não entra na cabeça. Sempre fui muito católica, mas eu evito me meter na vida dela”, disse na época.

Ainda por conta da religião, dona Miriam disse nesta entrevista que sempre foi contra Anitta entrar para o candomblé, já que foi criada na igreja. No lugar da mãe, Anitta chamou para morar na mansão na Barra sua amiga de ocasião, Laryssa Bottino, modelo e digital influencer.

Ah, já ia me esquecendo: Laryssa é ex-participante do programa “De férias com o Ex”. Pessoas próximas à cantora não sabem dizer como Laryssa surgiu na vida Anitta e nem há quanto tempo existe esta sólida amizade.  Procurada pela Coluna do Leo Dias a assessoria de Anitta respondeu: “Por meio de nota, a assessoria da cantora Anitta disse que esta informação não procede.” No entanto, a assessoria não respondeu nem onde Dona Miriam está morando e nem o motivo de sair de casa. ** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Cruzeiro não cumpre acordo de R$ 1,9 milhão, e Mano Menezes cobra agora R$ 5,3 milhões na Justiça

Mano Menezes acusa o Cruzeiro de não cumprir um acordo de aproximadamente R$ 1,9 milhões quando da sua demissão, em 2019, e agora cobra do clube cerca de R$ 5,3 milhões na Justiça do Trabalho. O GloboEsporte.com apurou a existência de dois processos, distribuídos nessa terça-feira, na 27ª e 42ª Vara de Belo Horizonte.

No primeiro processo, Mano diz que teve o contrato rescindido antecipadamente em agosto de 2019, por consenso entre as partes (o vínculo iria até dezembro). Foi feito um acerto de R$ 1.911.924,11, a ser pago em duas parcelas de R$ 955.962,00, sendo a data da primeira parcela no dia da assinatura da rescisão, e a outra em 12 de setembro de 2019.

– O Clube Reclamado não efetuou o pagamento de qualquer valor pactuado para a rescisão de contrato de trabalho, tampouco cumpriu com os prazos estabelecidos no respectivo instrumento, em evidente conduta de má fé e desconsideração, tendo o autor conseguido tão somente sacar os valores existentes na conta vinculada do FGTS até o momento – diz a petição.

Diante disso, Mano Menezes acionou o clube na Justiça e pede:

 

Que seja declarada nula a cláusula 2.5 do Instrumento de Resilição Consensual de Contrato de Trabalho;
R$ 1.349.424,11 de parcelas rescisórias incontroversas (R$ 500 mil pela conquista do Mineiro 2018);
Diferenças sobre as parcelas rescisórias, considerando o salário base de R$600.000,00 que deveria ser pago a partir de 01/01/2019 até o término de vigência contratual: R$ 23.333,33, R$ 58.333,33, R$ 66.666,67 e R$ 20.888,89;
Pagamento das diferenças salariais relativas à cláusula 5.1 do contrato de trabalho onde o valor do salário bruto deveria ser de R$600.000,00 (cláusula 5.1) relativo a janeiro/2019 até a rescisão: R$ 700.000,00;
Saldo de Salário do mês de Junho de 2019: R$ 199.597,00;
Saldo de Salário do mês de Julho de 2019: R$ 362.903,00;
Pagamento da multa do artigo 477,§ 8º, da CLT: R$ 600.000,00;
Caso o Reclamado não efetue o pagamento de todas as parcelas incontroversas, na primeira audiência, seja o mesmo condenado ao pagamento da multa do artigo 467 da CLT, no montante de: R$ 876.249,9;
Pagamento das diferenças de FGTS: R$69.537,77;
Pagamento dos honorários do procurador da Reclamante na razão de 15% sobre o valor da condenação;

“Dá-se à causa o valor para fins meramente fiscais de R$ 4.326.934,00”, diz a petição.
 

Direito de imagem
Uma segunda ação também foi protocolada por Mano nessa terça-feira na Justiça do Trabalho. Em nome de sua empresa, o treinador cobra direitos de imagem.

– Os valores mensais, conforme contratação, eram de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais), os quais seriam creditados mensalmente na conta da Empresa demandante. Todavia, o clube demandado não honrou com todos os pagamentos devidos, restando valores em aberto – diz a reclamação.

O documento diz que as partes acertaram que a quantia devida de R$ 846.666,66 seria quitada até 18/08/2019, o que, segundo a defesa, não ocorreu. O valor atualizado da dívida seria de R$ 1.011.374,23.

Mano Menezes ainda pede para juntar as duas reclamações em um mesmo processo.

Procurado, o Cruzeiro disse que ainda não foi notificado pela Justiça

Bolsonaro convida Mario Frias para assumir cargo de Regina Duarte.

A secretária especial da Cultura, Regina Duarte, foi chamada para um café da manhã com o presidente Jair Bolsonaro, no Palácio da Alvorada, na manhã desta quarta-feira (20).

A atriz pediu ao presidente para deixar o cargo e voltar a São Paulo, onde pretende ficar mais próxima da família e poderá ocupar uma função do governo federal na cidade. Para o lugar dela, o ator Mario Frias foi convidado pelo presidente para assumir a Secretaria Especial da Cultura.
Regina Duarte poderia permanecer no governo federal, uma vez que foi convidada para ocupar outra função. Ela sinalizou, porém, não aceitar outro posto e deverá se despedir da gestão federal.

Na saída do Palácio da Alvorada, após o café da manhã com o presidente, Regina Duarte posou para fotos com apoiadores do presidente.
Casamento estremecido

No começo de maio, Bolsonaro e Regina Duarte se encontraram e selaram a permanência da atriz no cargo de secretária-especial da Cultura depois de alguns desencontros. Nesta reunião, também estava presente Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo.

No encontro, segundo fontes, o presidente conseguiu reverter o desgaste que vinha tendo com a secretária. A conversa entre presidente, secretária e ministro foi classificada por auxiliares como “ótima”. A atriz até apresentou projetos durante o encontro.

A atriz atravessava uma situação delicada por não ter muito diálogo com Bolsonaro e por não apresentar ações práticas em sua área. Críticos argumentam que não há, até o momento, um projeto de grande porte feito pela atriz, que comanda a secretaria há quase dois meses.

Caseiro é preso por estuprar menino de 7 anos que precisou ser internado em hospital após o crime 

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) prendeu um caseiro acusado de estuprar um menino de sete anos, na área rural de Brazlândia.

O suspeito foi encontrado às 23h dessa terça-feira (19/05), após um morador do Núcleo Rural Chapadinha, que fica na região administrativa, informar que a vítima tinha sido abusada sexualmente.

A criança precisou ficar internada no Hospital Regional Brazlândia. Em ação conjunta com os agentes da 18ª Delegacia de Polícia (Brazlândia), o suspeito foi detido em sua residência na Quadra 08 Norte.

Ele acabou autuado em flagrante por estupro de vulnerável. O suspeito tem 48 anos e trabalhava para a família da vítima.