Os mais gastadores de cotas parlamentares na Câmara

capa camara 990x556 1

A cota ou verba indenizatória é um recurso financeiro público concedido aos deputados federais e senadores. Na Câmara, a restituição a cada deputado chega a R$ 45.612,53 por mês. A verba abrange despesas com alimentação, passagens aéreas, combustíveis, consultoria, entre outros gastos dos parlamentares. Quem patrocina tudo isso? O pagador de impostos.

Fizemos um ranking dos quatro mais esbanjadores, de cota, entre janeiro de 2019 e outubro de 2021. O gasto mais elevado dos deputados foi com divulgação de atividade parlamentar. O primeiro lugar é ocupado pela deputada federal Jéssica Sales (MDB-AC) que gastou R$ 1.410.656,18. Com a divulgação de atividade parlamentar, a deputada gastou R$ 856.200,00.

O segundo colocado é o deputado João Maia (PL-RN), que gastou R$ 1.372.310,00. As despesas com divulgação da atividade parlamentar chegaram a R$ 701.700,00.

O terceiro que mais fez uso da verba indenizatória foi o deputado Silas Câmara (REPUBLICANOS-AM), com gasto total de R$ 1.423.236,30. Na divulgação da atividade parlamentar, o gasto foi de  R$ 808.983,98.

O quarto lugar é ocupado pelo deputado Wellington Roberto (PL/PB). O parlamentar gastou R$ 1.388.439,39. Só com divulgação da atividade parlamentar o congressista gastou R$ 1.066.500,00.

Algo errado com esse post?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.