OS 6 MELHORES SUPLEMENTOS PARA GANHAR MASSA MUSCULAR

shutterstock 283178207 768x512 1

Complementar a alimentação é indicado para praticantes de treinos de alta intensidade.

Ganhar massa muscular está entre os objetivos mais procurados entre os amantes da academia mas, para isso, é necessário que haja determinação e paciência do atleta.O ganho de massa é resultado de uma disciplinada prática de atividades de musculação, somado a uma alimentação balanceada e, em alguns casos, auxiliados por suplementação.

O complemento alimentar fará diferença no corpo do praticante de exercícios desde que este mantenha uma alimentação adequada às suas necessidades e objetivos.”O suplemento no horário certo e nas quantidades adequadas tem um efeito muito benéfico tanto nos resultados físicos como em performance também”, afirma Fabiana Fontes, nutricionista da Greenlife Academias. 

Para além da alimentação e das atividades físicas, o crescimento muscular também é consequência da escolha apropriada de quais suplementos consumir e o mau uso pode, além de não oferecer os resultados esperados,ser bastante prejudicial à saúde.”No caso de uma suplementação errada pode sobrecarregar rins e fígado, além de aumentar gordura corporal se estiver além das necessidades do indivíduo. ” Ressalta Fabiana. 

Melhores suplementos para ganhar massa muscular

1- WHEY PROTEIN –  Um dos suplementos mais conhecidos para ganho muscular. O Whey é uma proteína derivada do soro do leite e possui 22 aminoácidos essenciais para síntese para o músculo. Possui entre esses aminoácidos a leucina, não produzida pelo nosso corpo e que ajuda a manter o peso e a massa magra.

2 – BCAA –  Composto por 3 aminoácidos: Isoleucina, valina e leucina, ajuda no processo de recuperação muscular (menos dores nas adaptações fisiológicas ao treino) e ajuda a fornecer energia durante o treino caso seja necessário.

3 – CREATINA FOSFATO –  Fonte de energia muscular, ajudando na recuperação do mesmo. Um Por conter o fosfato pode doar para molécula de ADP ( adenosina difosfato), ajudando a sintetizar mais rapidamente ou seja, o indivíduo treina melhor e recupera-se melhor, evoluindo o treino e ajudando no ganho de massa muscular.

4 – GLUTAMINA – Aminoácido semi essencial, ou seja, o indivíduo produz de acordo com seu metabolismo.  Participa direta e ativamente no crescimento muscular por meio da estimulação da síntese proteica. Ajuda no fortalecimento de sistema imunológico.

5 – BETA ALANINA –  Está na casa dos aminoácidos semi essenciais por ser produzido pelo corpo. Ajuda a fazer uma   obstrução”” na produção do ácido láctico, ou seja, retarda a fadiga muscular, fazendo com que um treino de alta intensidade dure mais tempo. Auxilia o treino e  no ganho de massa muscular.

6 – MALTODEXTRINA –  Carboidrato proveniente do amido que aumenta a produção de insulina, (hormônio anabólico) e ajuda na reposição de estoques de glicogênio hepático e muscular.

 

 

necessidade de suplementar a alimentação varia de acordo com o objetivo e necessidade de cada um. Costuma ser indicado para praticantes de treinos que exigem mais energia do corpo, de alta intensidade.  “A utilização deve ser feita quando o treino for intenso de tal forma que a alimentação não conseguirá suprir a necessidade. Nesses casos, os suplementos podem ajudar nos resultados almejados”, enfatiza a nutricionista.

Ainda segundo Fabiana, alguns cuidados devem ser levados em consideração antes de fazer uso de suplementos. “O uso de suplementos deverá ser feito por indivíduos que não possuem alterações de exames bioquímicos (de sangue), insuficiência renal,  pedra nos rins ou histórico de doenças renais na família. Indivíduos com alguma alteração hepática (fígado) ou açúcar sanguíneo elevado, deve evitar o uso”, completa.

Em caso de uma alimentação não balanceada, seu corpo sentirá a ausência dos nutrientes necessários e o suplemento pode vir apenas para suprir esse déficit, sem maiores benefícios.  “O uso de suplementos para hipertrofia deverá ser sempre associado a uma alimentação saudável e equilibrada , adequadas às necessidades do treino e individualizada”, reitera Fabiana.

Vale ressaltar que suplementos alimentares não fazem milagres. São compostos produzidos para complementar a alimentação, e não devem ser utilizados para substituí-las e seu uso deve ser feito sob indicação de um médico ou nutricionista.  


Já sabe da novidade?
Agora a Greenlife conta com o Nutri Green Online, acompanhamento nutricional , para lhe ajudar a obter os melhores resultados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.