OS 6 ANIMAIS COM A VIDA MAIS LONGA NO MUNDO

06105420946119

Nós não fomos os primeiros seres vivos a chegar nesse planeta, tampouco seremos os últimos. Enquanto os seres humanos atualmente têm uma expectativa de vida de 80 anos, algumas espécies de animais conseguem facilmente superar essa marca e podem viver muito mais de 1 século inteiro.

E quem são essas criaturas? Pensando nisso, nós criamos esta lista para você saber quais são os seis animais com a vida mais longa em nosso planeta e conhecer um pouco além de cada um deles. Olha só!

6. Ouriço-do-mar-vermelho

(Fonte: Wikimedia Commons)

Os ouriços-do-mar-vermelho são vistos quase como criaturas imortais e podem viver até 200 anos sem qualquer sinal de envelhecimento. Aliás, é muito mais provável que eles sejam devorados por predadores do que de fato morrerem de velhice. Para se ter ideia da vitalidade dessas criaturas, um indivíduo com 100 anos de idade pode se reproduzir sem problemas.

5. Carpa colorida

(Fonte: Wikimedia Commons)

A expectativa média de vida de uma carpa colorida é em torno dos 40 anos, mas acredita-se que esses peixes possam viver muito mais quando colocados em condições ideais. Em particular, uma carpa chamada “Hanako” conseguiu atingir a idade de 226 anos, falecendo em 1977. A idade dela foi medida por cientistas por meio de suas escamas. As carpas coloridas são extremamente simbólicas no Japão e surgiram de uma mutação genética espontânea na região de Niigata.

4. Baleia-da-Groenlândia

(Fonte: Wikimedia Commons)

As baleias-da-Groenlândia podem viver até 200 anos, o que é um período muito maior do que qualquer outro mamífero na Terra. Determinar a idade dessas criaturas não é muito fácil, uma vez que vivem no Ártico e Subártico. Além disso, é comum que elas vivam mais do que os pesquisadores que as analisam. Por meio de exames de DNA, cientistas estimam que um espécime dessas baleias pode viver até (incríveis) 268 anos.

3. Tubarão-da-Groenlândia

(Fonte: Wikimedia Commons)

As águas do Ártico reservam algumas criaturas muito impressionantes, como é o caso do tubarão-da-Groenlândia. Com expectativa de vida entre 300 e 500 anos, esse é notoriamente o vertebrado mais velho do mundo. Essas criaturas levam a vida bem devagar, nadando a somente 1,2 km/h. 

Para se ter ideia, uma fêmea dessa espécie pode alcançar a maturidade sᕮxual com 100 ou 150 anos. Apesar de serem muito grandes, esses tubarões foram um mistério para a Ciência durante muitos anos, visto que só recentemente descobriram novos métodos para determinar a idade deles.

2. Quahog-do-mar

(Fonte: Wikimedia Commons)

Os quahogs-do-mar são moluscos comestíveis com uma vida útil impressionante. Muitos deles podem viver até 400 anos, e o mais velho já conhecido pela Ciência chegou a uma idade estimada de 507 anos, sendo descoberto na costa da Islândia em 2006.

Assim como acontece com árvores, a idade de um quahog pode ser descoberta contando o número de anéis existentes em seu casco. Além disso, as conchas são ótimas fontes de informação para os pesquisadores descobrirem mais dados sobre as mudanças que acontecem em oceanos.

1. Água-viva imortal

(Fonte: Wikimedia Commons)

As águas-vivas da espécie Turritopsis nutricula podem ser consideradas verdadeiras trapaceiras da vida. Quando alcançam uma idade avançada, essas criaturas basicamente criam uma forma de voltar a ser um bebê, sendo um processo bastante complexo!

A água-viva imortal nasce na forma de uma larva, também chamada de plânula, que fica girando pelo oceano. Elas, então, fixam-se no fundo do mar e se tornam pólipos estáticos antes de se transformarem em uma medusa nadadora. Porém, tudo fica mais interessante nesse ponto.

Toda vez que uma dessas águas-vivas sofre uma lesão ou percebe mudanças em seu hábitat, ela pode voltar ao seu estágio como pólipo e começar tudo de novo. Esse processo pode ser feito infinitamente ou até que elas sejam comidas por algum predador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.