O Corinthians disse “não” a Jorge Jesus. Saiba por que

1584405467406 20372055

Logo depois de sair do Benfica e saber que o Flamengo, sua ex-casa, já havia contratado Paulo Sousa, Jesus teria autorizado o empresário Giuliano Bertolucci a procurar um grande clube brasileiro para trabalhar.

A primeira porta que Bertolucci bateu foi a do Corinthians. Mas ouviu um “não” dos cartolas corintianos, que estão satisfeitos com Sylvinho. Ou seja, o Timão, digamos assim, teria batido a “porta na cara” do empresário

“A gente vê uma cobrança exagerada sobre Sylvinho, na minha opinião. Chegou, conseguiu reestruturar, vamos falar assim, e organizar o nosso time. Muito se falava que o time do Corinthians brigaria perto da zona do rebaixamento. Sylvinho, na nossa opinião, fez um bom trabalho e a gente tem que entender que o futebol precisa de tempo”, atestou o presidente Duilio Monteiro Alves.

O técnico tem contrato até o fim deste ano, mas sem previsão de multa rescisória. Na semana passada Sylvinho precisou ser submetido a um procedimento médico. O jovem treinador do Corinthians passou por um cateterismo para corrigir um problema no coração, que foi descoberto recentemente.

Corrida por Jesus

Enquanto isso, houve um encontro virtual na última quarta-feira (29/12) entre o Atlético-MG, representado pelo diretor de futebol Rodrigo Caetano, e o staff de Jorge Jesus. Embora ele tenha sido especulado pelo Fenerbahçe, da Turquia, ainda há a possibilidade de o Mister acertar-se com o Galo.

O clube autorizou o empresário Giuliano Bertolucci a viajar a Lisboa para conversar diretamente com Jorge Jesus. Ele já teria o aval dos 5 R’s que decidem tudo no futebol do Galo atualmente: Rubens Menin, Rafael Menin, Ricardo Guimarães, Renato Salvador e Rodrigo Caetano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.